Dissertações

Format: 2018

ETNICIDADE E DISCURSO RACIALISTA EM A “FORTUNA”E BAIXA & MUSSEQUES, DE ANTÓNIO CARDOSO

Nome do autor: 
Darliane Oliveira De S. Rocha Moura
Nome do orientador: 
Profa. Dra. Maria de Fátima Maia Ribeiro
Resumo: 

A partir de representações e relações flagradas na novela A “Fortuna” e no livro de contos Baixa & Musseques, do escritor angolano António Cardoso, este trabalho propõe-se a discutir mecanismos dos processos de construção de identidade étnica em contextos luandenses e a disseminação do discurso racialista na narrativa de ficção desse escritor, estabelecendo diálogos e embates entre os textos. Analisa-se como são construídas as representações étnico-raciais e quais as implicações socioeconômicas configuradas nas malhas textuais, discursivas e políticas das produções literárias inseridas em um contexto de pré-independência e mergulhadas na experiência colonial angolana, assim como em momentos da biografia do sujeito produtor, cujos projetos literários e existenciais entrelaçam
política e arte.

 

PALAVRAS-CHAVE: Literatura angolana e identidade étnico-racial; literatura moderna e

discurso racialista [racialismo];Narrativa de ficção de António Cardoso.

Abstract: 

From representations and relationships caught in A “Fortuna” (2004) and Baixa & Musseques (1985), the Angolan writer António Cardoso, this paper proposes to discuss the construction process of ethnic identity and racialist discourse in contexts luandenses establishing dialogues and debates between the texts Angolans. A “Fortuna” (2004) and Baixa & Musseques (1985) are texts written by António Cardoso provided political prisoner. These narratives are inscribed in the context of the struggle against Portuguese colonialism and the independence of Angola. Based on this scenario political / cultural context in which the corpus falls, the work is based on the perspective of cultural studies to analyze the concepts of identity, ethnicity and race. Analyzes how representations are constructed racialethnic and socioeconomic implications which set in meshes textual, discursive and literary productions policies embedded in a context of pre-independence and experience steeped in
colonial Angola.

 

KEY-WORDS: ethnicity/race; Angolan literary; António Cardoso.

Data: 
quarta-feira, 28 Junho, 2017 - 12:30

DA TRADUÇÃO À INTERTEXTUALIDADE: AS RELAÇÕES TRANSTEXTUAIS DO FILME MATCH POINT DE WOODY ALLEN COM A POÉTICA DE ARISTÓTELES

Nome do autor: 
CINTIA SACRAMENTO AQUINO
Nome do orientador: 
LUCIENE LAGES SILVA
Banca: 
JOSE AMARANTE SANTOS SOBRINHO JACQUELINE RAMOS
Resumo: 

Este trabalho é uma pesquisa sobre as relações intertextuais que o texto fílmico Match Point (2005) de Woody Allen estabelece com a Poética, texto escrito em prosa por Aristóteles em 340 a.C.. O objetivo deste trabalho é que, a partir dos referenciais teóricos dos estudos da tradução intersemiótica e cultural perpassando pelas relações de transtextualidade, identifique-se a aplicação da teoria literária presente na Poética na prática do cinema contemporâneo. Observou-se como elementos constituintes da tragédia clássica preceituados por Aristóteles foram adaptados para um texto fílmico atual, a exemplo do erro, reconhecimento, peripécia e mudança da fortuna. Pontuou-se também como Match Point dialoga com outros textos literários tanto através da sua trilha sonora, quanto da fala de seus personagens.

Palavras-chave: Tradução Intersemiótica e Cultural. Transtextualidade. Poética e Cinema.

Abstract: 

This dissertation is about the intertextual relationship between the film Match Point (2005) made by Woody Allen and the Poetics, text written in prose by Aristotle in 340 B.C.. The aim of this dissertation is that starting from the definition of intersemiotic and cultural translation passing through transtextual relationship, the application of the literary theory in the Poetics of Aristotle can be identified as present in a contemporary film. It was observed how some of the elements pointed by Aristotles as parts of the classic tragedy were adapted to a contemporary film, such as the error, anagnorisis, peripeteia, and reversal of fortune. It was also pointed how Match Point dialogues with other literary texts through its soundtrack and characters speech.

Keyword: Intersemiotic and Cultural Translation. Transtextuality. Poetics and Cinema.

Data: 
terça-feira, 15 Dezembro, 2015 - 10:00

CAMINHANDO PELA LAVOURA ARCAICA: UM ESTUDO SOBRE CORPO, RELIGIÃO E A DIVISÃO ENTRE NATUREZA E CULTURA NA OBRA DE RADUAN NASSAR

Nome do autor: 
PAMELA MOURA FREITAS
Nome do orientador: 
CASSIA DOLORES COSTA LOPES
Banca: 
ANTONIA PEREIRA BEZERRA SANDRO SANTOS ORNELLAS CASSIA DOLORES COSTA LOPES
Resumo: 

Esta pesquisa procura examinar a obra Lavoura Arcaica, do escritor paulista Raduan Nassar, a partir de uma perspectiva interdisciplinar que privilegia o diálogo entre teorias das ciências sociais e literárias. Esse exame procura atravessar a narrativa a partir de uma ótica que prioriza a vida em seu fluxo e totalidade. Para isso, num primeiro momento, estabelece-se as bases teóricas e metodológicas que vão atravessar essa análise. Ainda nesse primeiro estágio, explora-se o momento de reflexão atravessado pelos estudos literários e as novas possibilidades investigativas que surgem a partir de uma suposta crise da crítica. Em seguida, empreende-se um estudo acerca do corpo, apresentando sua importância para a narrativa e as mudanças epistemológicas e paradigmáticas pelas quais o corpo, enquanto temática, passou durante a história da filosofia e teoria ocidental, inclusive no campo da religião. Por fim, discute-se a questão da sexualidade, considerando as práticas transgressoras de André e estabelecendo a relação que essa noção de violação tem com o processo civilizador. Nesse ponto, também se aborda a questão do aprendizado e do desenvolvimento de habilidades no âmbito da sexualidade.

Palavras-Chave:  Lavoura Arcaica. Corpo. Religião.

Abstract: 

This research examines Lavoura Arcaica, by the writer Raduan Nassar, from an interdisciplinary perspective that favors dialogue between theories of social and literary sciences. That examination seeks to cross the narrative from a perspective that prioritizes life in its flow and wholeness. For this, at first, it establishes the theoretical and methodological foundations that go through this analysis. Still at this early stage, it explores the moment of reflection traversed by literary studies and new investigative possibilities that arise from an alleged crisis of criticism. Then undertakes a study about the body, showing its importance to the narrative and the epistemological and paradigmatic changes that the body, as subject, passed during the history of philosophy and Western theory, including in the field of religion. Finally, we discuss the issue of sexuality, considering the offending practices of André, and establishing the relationship that this notion of violation has with the civilizing process. At this point, we also addresses the issue of learning and skills development in the context of sexuality.

Data: 
terça-feira, 1 Dezembro, 2015 - 10:45

TERRA DE NINGUÉM: A CRÍTICA CINEMATOGRÁFICA NA INTERNET

Nome do autor: 
LEONARDO CAMPOS CERQUEIRA
Nome do orientador: 
RACHEL ESTEVES LIMA
Banca: 
ELIZABETH SANTOS RAMOS RACHEL ESTEVES LIMA
Resumo: 

A crítica de cinema é um dos mecanismos que movimentam a indústria cultural e a opinião pública. Na investigação proposta nesta dissertação, pretendo mapear o campo da crítica cinematográfica e observar como esse gênero discursivo transferiu-se do suporte impresso para a esfera virtual pública, tendo em mira as produções do site Cine Pop, portal de notícias especializado em cinema, disponível para acesso desde 1999. Através do estabelecimento de um panorama histórico da crítica de cinema e da história recente da internet no Brasil, bem como as considerações sobre a noção de campo cultural, do surgimento do culto do amador e da cultura da convergência, este texto é permeado por questões contemporâneas acerca do campo da crítica de cinema brasileira.

Palavras-Chave: Crítica cinematográfica.

Abstract: 

The film criticism is one of the mechanisms that drive the cultural industry and public opinion. The investigation proposed in this dissertation intend to map the field of cinematographic criticism and observe how this discursive genre has been moved from the printed support to the virtual public sphere, focusing on the productions of the site Cine Pop, news portal specialized in cinema, available for access since 1999. From the establishment of a historical panorama of film criticism and the recent history of the internet in Brazil, as well as considerations on the notion of cultural field, from the emergence of the cult of the amateur and the convergence culture, this text is permeated by contemporary issues on the field of the Brazilian cinema criticism.

Data: 
sexta-feira, 11 Setembro, 2015 - 10:45

ESTRATÉGIAS RETÓRICAS NA CONSTRUÇÃO DO DISCURSO EROGRÁFICO EM A CASA DOS BUDAS DITOSOS: PROCEDIMENTOS E IMPLICAÇÕES

Nome do autor: 
MICHELI BISPO AMORIM CRUZ
Nome do orientador: 
IGOR ROSSONI
Banca: 
NOELIA BORGES DE ARAUJO CARLA PATRICIA BISPO DE SANTANA IGOR ROSSONI
Resumo: 

presente dissertação centra-se na análise de alguns dos diversos recursos retóricos do romance A casa dos budas ditosos (1999), com o objetivo de examinar as escolhas de determinadas estratégias enunciativas do escritor João Ubaldo Ribeiro, para compor subjacente discurso erográfico no tratamento do tema da luxúria: questão fulcral abordada no texto. Situado no filão da Teoria Literária e caracterizado em nível de pesquisa aplicada, o estudo focaliza a leitura hermenêutica da criação literária, a fim de comprovar o engajamento artístico como instrumento de combate às interdições elaboradas pela moral sexual repressiva, imputada pela normatividade da ideologia burguesa brasileira. Os resultados da leitura científica obtidos certificam complexo manejo na aplicação de elementos narrativos, manipulados deliberadamente para elucidar a postura transgressiva do artista, no trato com as polêmicas questões sexuais. Neste sentido, a excentricidade aplicada à ficção funciona como poderoso procedimento metalinguístico de orientação da postura leitora necessária à decifração da diegese. A pesquisa divide-se em três segmentos, preocupados respectivamente em: levantar marcos referenciais de abordagem dos temas ligados à sexualidade, bem como das realtivas proibições que derivam; investigar alguns elementos que demonstram engenhosa elaboração do discurso combativo – implícito na sofisticada trama narrativa – como manifesto da potencial renitência ubaldiana, diante da consciente força opressora que agencia estratégias de controle social frente à liberdade sexual na contemporaneidade e, por fim; perscrutar o jogo de vozes atinentes à autoria e à narração, articulados no texto.

Palavras-Chave: João Ubaldo Ribeiro. Erotismo. Pornografia. Erografia. Narratividade. Consciência discursiva.

Abstract: 

This dissertation focuses on the analysis of some of the various rhetorical devices of the novel A casa dos budas ditosos (1999), in order to examine the choices of certain declared strategies of João Ubaldo Ribeiro writer to compose underlying erográfico speech in the treatment of Lust theme: key issue addressed in the text. Situated in the vein of Literary Theory and characterized research level applied, the study focuses on the hermeneutic reading of literary creation, in order to prove the artistic engagement as a fighting tool to prohibitions prepared by the repressive sexual morality, attributed by the normativity of bourgeois ideology. The results of scientific reading obtained certify complex management in the application of narrative elements, deliberately manipulated to elucidate the transgressive attitude of the artist, in dealing with controversial sexual issues. In this sense, the eccentricity applied to fiction works as powerful metalinguistic procedure guidance posture reader needed to decipher the narration. The research is divided into three segments, concerned respectively: up benchmarks to address the issues related to sexuality, as well as realtivas prohibitions arising; investigate some elements that demonstrate ingenious elaboration of combative speech - implicit in sophisticated narrative plot - as manifest reluctance of ubaldiana potential, given the stranglehold conscious touting strategies of social control against the sexual freedom in contemporary society and, finally; peer into the game voices relating to authorship and narration, articulated in the text.

Keyword: João Ubaldo Ribeiro. Eroticism. Pornography. Erografia. Narrative. Discursive consciousness.

Data: 
quarta-feira, 1 Julho, 2015 - 10:45

A ENCENABILIDADE DO TEATRO QUINHENTISTA PORTUGUÊS NO SÉCULO XXI: DIÁLOGOS ENTRE DOIS TEMPOS

Nome do autor: 
LUCILA VIEIRA
Nome do orientador: 
MÁRCIO RICARDO COELHO MUNIZ
Banca: 
ANDRE LUIS GOMES LUCIENE LAGES SILVA MÁRCIO RICARDO COELHO MUNIZ
Resumo: 

O Portugal quinhentista foi o espaço de representação de mais de uma centena de peças teatrais, das quais é possível depreender uma rica fonte de produção teatral, não só pelas influências e correspondências criativas existentes entre os autores quinhentistas, mas também pelo profícuo diálogo que a prática teatral daquele tempo estabelece com tendências artísticas mais recentes. Antônio José Saraiva, mais de vinte anos depois de ter declarado que o teatro medieval teria findado com Gil Vicente (1942), repensa seu duro veredito quando vê encenado um texto de Brecht e reconhece uma série de semelhanças estruturais entre a dramaturgia vicentina e a brechtiana (1965). A partir de reflexões críticas e de exercícios comparativos pontuais entre textos dramatúrgicos, este trabalho pretende destacar algumas características coincidentes entre o acervo teatral daquele tempo e outras tradições que marcaram a cronologia das artes cênicas. Além disso, com o intento de promover uma aproximação mais efetiva do teatro português de 1500 aos tempos atuais, estabelecemos o conceito de encenabilidade. Isto é, a partir da verificação dos vestígios cênicos presentes nos versos escritos no português clássico, quando expostos à criação e à audiência dos indivíduos do século XXI, este trabalho relata e analisa criticamente a experiência de encenação do Auto dos Escrivães do Pelourinho, texto quinhentista português anônimo.

Palavra-chaves: Literatura  Portuguesa. Encenabilidade. Dramaturgia Quinhentista Portuguesa. Auto dos Escrivães do Pelourinho. Teatro em verso. Teoria Teatral.

Abstract: 

The sixteenth-century Portugal was the space of representation for more than a hundred plays, of which it is possible to infer a plentiful source of theatrical production, not only by the existing creative influences and correspondences between the sixteenth century authors, but also by the rich dialogue that the theatrical practice of that time establishes with latest artistic trends. Antonio José Saraiva, twenty years after having declared that the medieval theater died with Gil Vicente (1942), rethinks his hard verdict when sees staged a text written by Brecht, and recognizes a lot of structural similarities between Vincentian and Brechtian (1965) dramaturgy. From critical reflections and comparative exercises between specific dramaturgical texts, this paper aims to highlight some matching characteristics between the dramaturgical collection of that time and other traditions that marked the chronology of the performing arts. Moreover, with the intent of promote a more effective approach of Portuguese theater from 1500 to present; we established the concept of “playability”. That is, from the analysis of scenic traces present in verses written in classic Portuguese when exposed to creation and the audience of person from twenty-first century, this paper describes and critically analyzes the staging experience of “Auto dos Escrivães do Pelourinho”, play of anonymous authorship, written in the sixteenth century. 

Keyword: Portuguese literature. Playability; Portuguese sixteenth-century dramaturgy. Auto dos Escrivães do Pelourinho. Theater staged in verse. Theatrical theory. 

Data: 
sexta-feira, 12 Junho, 2015 - 10:30

“OFÍCIO DE SER GENTE”: O PROJETO INTELECTUAL DE VIVIANE MOSÉ COMO AFIRMAÇÃO DA VIDA

Nome do autor: 
LORENA LIMA KALID
Nome do orientador: 
SANDRO SANTOS ORNELLAS
Banca: 
MAURICIO MATOS DOS SANTOS PEREIRA CASSIA DOLORES COSTA LOPES SANDRO SANTOS ORNELLAS
Resumo: 

Este estudo é dedicado a realizar leituras dos discursos de Viviane Mosé, filósofa, poeta, psicóloga e psicanalista brasileira de presença frequente nos meios de comunicação. Buscamos refletir sobre as ideias que unem tais discursos, a que denominamos projeto afirmativo, tomando Mosé como uma crítica da cultura contemporânea. Para tanto, foi necessário recorrer às ideias de Friedrich Nietzsche, pensador em que Mosé admite haver buscado grande parte de suas referências, mas também aos contemporâneos Jacques Derrida, Ernest Becker, Stuart Hall, Joel Birman, Edward Said e outros, referências nossas para interpretar o projeto da pensadora. Construímos o estudo a partir de três aspectos centrais no pensamento de Mosé: a presença do tema do excesso como afirmação do devir e do caráter agônico da vida, em referência à doutrina nietzschiana da vontade de potência; a requisição do olhar fundador como necessidade para renovar o modelo de pensamento racional atual, insuficiente para lidar com a pluralidade do devir contemporâneo; e a centralidade da linguagem como principal estrato civilizatório a ser renovado, através do abalo à lógica excludente e dualista dos conceitos, bem como pela assunção do permanente caráter metafórico da palavra. A partir desse eixo temático, desenvolvemos reflexões sobre o suposto mal-estar em que se encontra o sujeito contemporâneo fragmentado em suas identidades, e sobre a necessidade de enfrentamento da questão através do caráter transformador da educação e das possibilidades artísticas da linguagem. Nesse sentido, buscamos nos discursos de Mosé (teóricos e poéticos) auxílio para refletir sobre o paradoxal processo de transformação de si no sujeito contemporâneo, ao passo que localizamos no papel do intelectual como um exilado, exercido por Mosé, sua estratégia pessoal de afirmação da vida.

Palavras-chaveViviane Mosé. Pensamento contemporâneo. Projeto afirmativo. Devir. Crítica da cultura.

Abstract: 

 

This study is dedicated to perform readings of speeches from Viviane Mosé, philosopher, poet, Brazilian psychologist and psychoanalyst, with a frequent presence in the media. We reflect on the ideas that unite such speeches, that we call affirmative project, taking Mosé as a critic of contemporary culture. Therefore, it was necessary to resort to Friedrich Nietzsche's ideas, thinker admitted by Mosé of being a source of much of her references, but also to contemporary Jacques Derrida, Ernest Becker, Stuart Hall, Joel Birman, Edward Said and our others references to interpret her project. We built the study from three central aspects in the thought of Mosé: the presence of the theme of excess as an affirmation of the becoming and the agonizing character of life, in reference to Nietzsche's doctrine of the will to power; the founder look requisition as a need to renew the current rational thinking model, insufficient to deal with the plurality of contemporary becoming; and the centrality of language as the main civilizing stratum to be renovated, by shaking the exclusive and dualistic logic of concepts, as well as the assumption of permanent metaphorical character of the word. From this main theme, we developed reflections on the supposed malaise that is the contemporary subject fragmented in their identities, and the need to face the issue through the transforming character of education and artistic possibilities of language. In that sense, we seek in the speeches of Mosé (theoretical and poetic) an aid to reflect on the paradoxical process of transforming itself in the contemporary subject, while we locate in the role of the intellectual as an exile, exercised by Mosé, his personal strategy of life-affirming

Keyword: Viviane Mosé. Contemporary thought. Affirmative project. Becoming. Culture criticism.

Viviane Mosé. Contemporary thought. Affirmative project. Becoming. Culture criticism.


Data: 
terça-feira, 2 Junho, 2015 - 22:15

REESCREVENDO BAHIA DE TODOS OS SANTOS A LUZ E CORES: TRADUÇÃO INTERSEMIÓTICA DO GUIA DE JORGE AMADO PARA A FOTOGRAFIA

Nome do autor: 
ALANA MURINELLY SOUZA MONTEIRO
Nome do orientador: 
ELIZABETH SANTOS RAMOS
Banca: 
DECIO TORRES CRUZ MARINYZE DAS GRACAS PRATES DE OLIVEIRA ELIZABETH SANTOS RAMOS
Resumo: 

 

Esta dissertação é produto da pesquisa que se propôs traduzir intersemioticamente, para a fotografia, dois trechos do texto Bahia de Todos os Santos: guia de ruas e mistérios de Salvador, de Jorge Amado, o Convite e o Adeus. As fotografias foram feitas pela autora do presente trabalho partindo das teorias desconstrutivistas, que entendem a tradução como transformação, suplemento, transbordamento do texto traduzido, suprindo ―faltas‖ ou lacunas e possibilitando a sobrevivência da obra que a antecedeu. As lacunas não são vistas sob uma ótica hierarquizante, mas como resultado da não existência de limites para interpretações e suplementos. Neste sentido, as atualizações do guia feitas pelo próprio escritor entre 1960 e 1986 corroboram esta perspectiva, assim como a tradução aqui apresentada. A impossibilidade de significados fixos emerge, em particular, no processo de construção de uma tradução, fazendo com que o tradutor, na condição de sujeito fragmentado e leitor, ressignifique incessantemente o texto de partida e o texto de chegada. A descrição do processo de construção do ensaio-tradução (termo que cunhei derivado do sintagma ensaio fotográfico) traz reflexões acerca das escolhas feitas durante a (re)construção imagética do texto escrito e conta com procedimentos possíveis (como o uso de listas de palavras e story boards) e suplementos inesperados, como a figura do orixá Exu transformada tradutor e a encruzilhada como ponto de partida ou de encontro das possibilidades de caminhos a percorrer, das escolhas a fazer, de sentidos plurais.

Palavras-Chave: Bahia de Todos os Santos: guia das ruas e dos mistérios de Salvador. Jorge Amado. Tradução intersemiótica. Fotografia.

Bahia de Todos os Santos: guia das ruas e dos mistérios de Salvador;Jorge Amado;Tradução intersemiótica;Fotografia.


Abstract: 

This dissertation is the result of a research that aimed to translate intersemiotically, into photography, two sections of Jorge Amado‘s text Bahia de Todos os Santos: guia de ruas e mistérios de Salvador. The sections are Convite and Adeus. The photographs were taken by the author of this work under deconstructivist theories perspectives which understand translation as transformation, supplement, overflow of the translated text, supplying gaps and enabling the survival of the work that preceded it. The gaps are not seen under a hierarchical optical, but as a result of the absence of limits for interpretations and supplements. In this sense, the guide updates made by the writer himself between 1960 and 1986 corroborate this view, as well as the translation presented here. The impossibility of fixed meanings emerges, in particular, during the construction of a translation. The translator, a fragmented subject and reader, constantly reframes both source text and target text. The description of the process of building a photographic translation brings reflections on the choices made during the (re)construction of a written text into images and includes possible procedures (such as using word lists and story boards) and unexpected supplements such as the figure of the Orisha Eshu as a translator and the crossroad as a starting point or gathering place of possible paths, of choices to be made, of plural meanings.

Keyword: Bahia de Todos os Santos: guia das ruas e dos mistérios de Salvador. Jorge Amado. Intersemiotic translation. Photography.

Data: 
quinta-feira, 28 Maio, 2015 - 11:00

ALI É O LESTE E JULIETA É O SOL: ROMEU E JULIETA RENASCEM EM ANIME NA TERRA DO SOL NASCENTE

Nome do autor: 
DIANDRA SOUSA SANTOS
Nome do orientador: 
ELIZABETH SANTOS RAMOS
Banca: 
LUDMILA MOREIRA MACEDO DE CARVALHO DENISE CARRASCOSA FRANCA ELIZABETH SANTOS RAMOS
Resumo: 

A dissertação intitulada Ali é o leste e Julieta é o Sol: Romeu e Julieta renascem em anime na Terra do Sol Nascente se insere no campo dos Estudos de Tradução e toma como objeto de pesquisa o texto dramático Romeu e Julieta (1594) escrito por William Shakespeare e sua tradução em anime, Romeo x Juliet, escrito por Reiko Yoshida, dirigido por Fumitoshi Oizaki, desenhado por Hiroki Harada e lançado no Japão em 2007. Entendendo a tradução como atividade cultural e criativa e o tradutor como sujeito cultural que sempre dialogará com seu contexto ao produzir sua obra, a pesquisa analisa de que forma os tradutores de Romeo x Juliet transformam o texto shakespeariano e criam um novo texto considerando as idiossincrasias do formato de chegada e a rede de expectativas do público-alvo, estabelecendo, ao mesmo tempo variados diálogos não apenas com Romeu e Julieta, mas também com diversas outras peças shakespearianas. A fim de conduzir tal discussão, nos concentramos, em um primeiro momento, no texto de partida e seu contexto de produção a partir das reflexões de Vivien Kogut (2003), Anthony Burgess (1996), Barbara Heliodora (2008), Marjorie Garber (2004) e David Benvington (2004). Em seguida, abordamos o universo dos mangás e animes, suas histórias, características e convenções com base nas considerações de Timothy Craig (2000), Afonso Moliné (2004), Paul Gravett (2006), Cristiane Sato (2007) Robin Brenner (2007) e Kinko Ito (2008). Por fim, nos dedicamos à análise dos aspectos selecionados em Romeo x Juliet e para isso utilizamos reflexões de pesquisadores como Gilles Poitras (2001), Dani Cavallaro (2010a; 2010b), Robert Stam (2006) Tiphanie Samoyault(2008) e Cristina Carneiro Rodrigues (2000).

Palavras-chave: Romeo x Juliet. Romeu e Julieta. Anime. William Shakespeare. Tradução Intersemiótica.

Abstract: 

The dissertation entitled Ali é o leste e Julieta é o Sol‟: Romeu e Julieta renascem em anime na Terra do Sol Nascente is within the field of Translation Studies and comprises, as its research objects, the dramatic text Romeo and Juliet (1594), by William Shakespeare and its translation into the anime Romeo x Juliet, written by Reiko Yoshida, directed by Fumitoshi Oizaki, designed by Hiroki Harada, and released in Japan in 2007. This research aims at analyzing how the translators transform the Shakespearean text into a new one considering the particularities of the final format as well as the target audience expectations, while establishing a variety of dialogues not only with Romeo and Juliet but also with other Shakespearean plays. Therefore, it is of great importance here to understand the translation process as a cultural and creative activity and the translator as a singular individual who will always establish connections with his context to produce his work. To unfold this discussion, we focus at first on the source text and its context of production along with the reflections developed by Vivien Kogut (2003), Anthony Burgess (1996), Barbara Heliodora (2008), Marjorie Garber (2004) and David Benvington (2004). Then, we approach the world of manga and anime, their history, features, and conventions based on considerations by Timothy Craig (2000), Alfonso Moliné (2004), Paul Gravett (2006), Cristiane Sato (2007) Robin Brenner (2007) and Kinko Ito (2008). Finally, we develop an analysis of selected aspects from Romeo x Juliet based on the works of researchers such as Gilles Poitras (2001), Dani Cavallaro (2010a; 2010b), Robert Stam (2006) Tiphanie Samoyault (2008) and Cristina Carneiro Rodrigues (2000).

Keyword: Romeo x Juliet. Romeo and Juliet. Anime. William Shakespeare. Intersemiotic Translation.

Data: 
quinta-feira, 28 Maio, 2015 - 10:15

MUITO ALÉM DE SOBREVIVENTES: MULHER E FAMÍLIA NAS NARRATIVAS DE LYA LUFT

Nome do autor: 
LORIANA MARIA MOURA FERREIRA SANTOS
Nome do orientador: 
IVIA IRACEMA DUARTE ALVES
Banca: 
ALVANITA ALMEIDA SANTOS CARLA PATRICIA BISPO DE SANTANA IVIA IRACEMA DUARTE ALVES
Resumo: 

A mulher e seu papel na família tradicional patriarcal em decadência estão no palco das narrativas ficcionais de Lya Luft. Diante dos padrões que aprisionam tradicionalmente os sujeitos, elas formam uma legião de perdedoras. O presente texto tem como objetivo analisar as constituições familiares nos romances de Lya Luft a partir das perspectivas feministas. Sabendo que a instituição familiar é um espaço de controle social e cultural, pretende-se entender como as personagens luftianas se engendram nestes espaços patriarcalistas. A partir dos modelos pré-estabelecidos para cada sexo, as mulheres estão condicionadas a padrões de comportamento caracterizados como naturais, tais como a maternidade e o cuidado. Neste âmbito, a família é de fundamental importância na padronização do comportamento feminino. Mergulhadas em suas funções sociais historicamente construídas, as personagens de Lya Luft sofrem duplamente: por não cumprirem com seu destino e por não o aceitarem. Desta forma, são analisadas aqui as seis primeiras produções narrativas – As parceiras, A asa esquerda do anjo, Reunião de família, O quarto fechado, Exílio e A sentinela  e a sua mais recente publicação, de 2012, O tigre na sombra. Para tal intento, lança-se mão dos postulados teóricos feministas e literários.

Palavras-chave: Mulher. Família. Sistema patriarcal. Gênero.

Abstract: 

The woman and her role in traditional patriarchal family in decay are in the stage of fictional narratives of Lya Luft. Given the patterns that traditionally arrest the subjects, they form a legion of losers. This paper aims to analyze the family constitutions in the novels of Lya Luft from feminist perspectives. Knowing that the family institution is a social and cultural control of space, we intend to understand how luftianas characters are engendered in these patriarchal spaces. From the pre-established models for each sex, women are conditioned to patterns of behavior characterized as natural, such as maternity and care. In this context, the family is of fundamental importance in the standardization of female behavior. Immersed in its social functions historically constructed, the characters of Lya Luft suffer twice: for not meeting your destination and not accept it. Thus, are analyzed here the first six narratives productions  Partner, The angel left wing, Family reunion, The closed room, Exile and the sentinel  and his most recent publication, 2012, The tiger in the shade. For this purpose, launches hand of feminist literary and theoretical postulates.

Keyword: Woman. Family. Patriarchy. Gender.

Data: 
terça-feira, 12 Maio, 2015 - 10:15

Páginas