Teses

Format: 2018

Sindicalismo, Piratas e Cabelo Chanel: Leituras de Reciclagem Cultural em Obras de Laerte

Autor: 
CLAUDIO JOSE MENESES DE OLIVEIRA
Orientador: 
ANA ROSA NEVES RAMOS
Banca: 
LICIA SOARES DE SOUZA DECIO TORRES CRUZ ELIZABETH SANTOS RAMOS PAULO EDUARDO RAMOS
Abstract: 

This thesis is devoted to analyze the way cultural recycling could be manifested in works made by the cartoonist Laerte. To achieve this result, a survey of diachronic basis was done, in order to investigate examples of products manufactured by Laerte over his 40-year career. For the purposes of this research, the work of the cartoonist was considered as divided into three phases: the first, involving the period in which he worked for trade union bodies and the mainstream press, during the Brazilian military dictatorship, which for the study were selected caricatures and cartoons; the second, comprising the moment in which he developed a work focused in the criticism of customs and the exploration of sexuality, in connection with the American underground comix movement, after redemocratization, where long stories in comics have been selected; the third, finally, starting in the mid-half of the first decade of this century and continuing until present, focusing on formal experimentation, questioning the obligation of humor for the strip and gendered look, studied from the genre that was the most abundant on which Laerte has work – the strips. This thesis includes also a discussion on the concept of comics. Among the various theorists consulted, Walter Moser (1993, 1995, 1999, 2000, 2001, 2007, 2009), Thierry Groensteen (2007, 2009, 2010a, 2010b, 2010c, 2011), Paulo Ramos (2005, 2006, 2009a, 2009b, 2010a, 2010b, 2011, 2012a, 2012b, 2013th, 2013b) and Judith Butler (1990, 1993, 1996, 1997a, 1997b, 2002, 2004) can be mentioned. Considering the extent of the activity period researched in the work of Laerte, the results varied in every stage. At first, the research on cultural recycling did not find many examples in union publications to press, perhaps due to the strong political polarization that guided the construction of images; however, in the selected cartoons made for the mainstream media, with a little looser thematic orientation, a greater number of expressions of cultural recycling were found, geared especially to the appropriation and discussion of pictorial symbols. In the second phase, a higher level of History recycling was found, presenting iconoclastic attitudes on the established social order and the very status of the comics mainstream. Finally, in the third phase, there are cultural recycling in formal and contents experimentations, with tiras livres and the engaged gender discussion, produced in a context in which Laerte defines himself as a transvestite and actively militates in expanding the discussion of gender issues.

 

Keyword: Cultural recycling. Comics. Laerte. Union press. Mainstream press. Underground comix. Mainstream. Tiras livres. Genre. Transvestite.

 

Resumo: 

A presente tese se dedica a analisar como pode se manifestar a reciclagem cultural em obras do quadrinista Laerte. A fim de alcançar este resultado, foi realizada uma pesquisa de base diacrônica, de modo a investigar exemplos de produtos elaborados por Laerte ao longo de seus mais de 40 anos de carreira. Para efeitos desta pesquisa, considerou-se a obra do quadrinista como dividida em três fases: a primeira delas, envolvendo o período em que trabalhava para órgãos sindicais e para a grande imprensa, durante a ditadura militar brasileira, para o estudo da qual foram selecionados caricaturas, cartuns e charges; a segunda, compreendendo o momento em que desenvolveu um trabalho voltado mais à crítica de costumes e exploração da sexualidade, em conexão com o movimento estadunidense dos underground comix, após a reabertura democrática, em que foram selecionadas histórias em quadrinhos longas; a terceira, por fim, iniciando em meados da metade da primeira década do século XXI e seguindo até o presente, focalizando experimentações formais, questionamento da obrigatoriedade do humor para a tira e olhar gendrado, estudada a partir do gênero que foi o mais abundante sobre o qual se debruçou Laerte – as tiras. Foi também realizada nesta tese uma discussão sobre o conceito de histórias em quadrinhos. Dentre os vários teóricos consultados, pode-se citar Walter Moser (1993, 1995, 1999, 2000, 2001, 2007, 2009), Thierry Groensteen (2007, 2009, 2010a, 2010b, 2010c, 2011), Paulo Ramos (2005, 2006, 2009a, 2009b, 2010a, 2010b, 2011, 2012a, 2012b, 2013a, 2013b) e Judith Butler (1990, 1993, 1996, 1997a, 1997b, 2002, 2004). Considerando a extensão do período de atividade pesquisado na obra de Laerte, os resultados encontrados variaram em casa fase. Na primeira, a investigação sobre reciclagem cultural não encontrou muitos exemplos nas publicações para imprensa sindical, talvez em função da forte polarização política que norteava a construção das imagens; contudo, nas charges para a grande imprensa estudadas, de orientação temática um pouco mais frouxa, foi verificado um número maior de manifestações de reciclagem cultural, voltadas, sobretudo, para a apropriação e discussão de símbolos imagéticos. Na segunda fase, foi encontrado maior teor de reciclagem da História, com posturas iconoclastas diante da ordem social estabelecida e do próprio status das histórias em quadrinhos do mainstream. Na terceira fase, por fim, há reciclagem cultural nas experimentações formais e de conteúdo, com as tiras livres, e discussão engajada de gênero, produzida num contexto em que Laerte se define como travesti e milita ativamente na ampliação da discussão de questões de gênero.

Palavras-Chave: Reciclagem cultural. Histórias em quadrinhos. Laerte. Imprensa sindical. Grande imprensa. Underground comix. Mainstream. Tiras livres. Gênero. Travesti.

 

Data: 
quinta-feira, 31 Julho, 2014 - 20:00

Cópias em glória: o cinema bastardo de Quentin Tarantino

Autor: 
ADRIANO ANUNCIACAO OLIVEIRA
Orientador: 
DECIO TORRES CRUZ
Banca: 
CASSIA DOLORES COSTA LOPES DENISE CARRASCOSA FRANCA LICIA SOARES DE SOUZA MARIA DO SOCORRO SILVA CARVALHO
Abstract: 

American filmmaker Quentin Tarantino has been recognized in the international film scene since the 1990s for influencing contemporary imaginary and cultural production. Tis dissertation aims to understand his work as a particular creative project. As the main corpus for this study, we have selected the films Reservoir Dogs (1992), Pulp Fiction (1994), Jackie Brown (1997), Kill Bill: Vol 1 (2003), Kill Bill: Vol 2 (2004), Death Proof (2007), Inglourious Basterds (2009) and Django Unchained (2012), since they are, among the filmmaker’s work, the ones in which we found greater control of film discourse, due to the exercise of screenwriting and directing. We conducted a comparative analysis of these movies among themselves and in relation to other films, in which we identified opportunities to establish contrasts. We highlighted and discussed the following aspects of this filmography: (1) a particular mode of expression, identifiable as authorial style, (2) employment in high degree of quotation and intertextual play, and (3) the occurrence of critical discourse on cinema and culture. To achieve our goals, we employed a comparative methodology derived from semiotics and film studies formal approaches, as well as the critique of ideology, from a psychoanalytic matrix. We conclude that Tarantino’s creative project is characterized by the way he selects disparate, contrasting and unusual elements from the sea of intertextuality to present them according to a playful cinematic approach that simultaneously evokes and deconstructs norms and conventions of the audiovisual medium to establish new paradigms of artistic achievement.

 

Keyword: Tarantino; Cinema; Intertextuality; Authorship; Semiotic; Ideology

 

Resumo: 

O cineasta norte-americano Quentin Tarantino se destaca no cenário cinematográfico internacional desde os anos 1990, sendo reconhecido por influenciar o imaginário e a produção cultural contemporânea. O presente trabalho buscou entender sua obra enquanto projeto criativo particular. Elegemos como corpus os filmes Reservoir Dogs (1992), Pulp Fiction (1994), Jackie Brown (1997), Kill Bill: Vol. 1 (2003), Kill Bill: Vol. 2 (2004), Death Proof (2007), Inglourious Basterds (2009) e Django Unchained (2012), por serem, entre os trabalhos do cineasta, aqueles onde verificamos um maior controle do discurso fílmico, decorrente do exercício das funções de roteirista e diretor. Procedemos uma análise comparativa dessas realizações entre si e em relação a outros filmes, nos quais identificamos oportunidades de estabelecer contrastes. No percurso, evidenciamos e discutimos os seguintes aspectos sensíveis nesta filmografia: (i) um modo particular de expressão, identificável como estilo autoral, (ii) o emprego em alto grau da citação e do jogo intertextual e (iii) a ocorrência de enunciações críticas sobre o cinema e a cultura. Para atingir nossos objetivos, empregamos uma metodologia comparativa mediante abordagens formais derivadas da semiótica e dos estudos cinematográficos, bem como a crítica da ideologia, de matriz psicanalítica. Concluímos que o projeto criativo presente na obra de Tarantino é caracterizado pelo modo como seleciona elementos díspares, contrastantes e pouco usuais no mar da intertextualidade para apresentá-los segundo uma abordagem cinematográfica lúdica, que ao mesmo tempo evoca e desconstrói normas e convenções do meio audiovisual para estabelecer novos paradigmas de realização artística.

Palavras-Chave: Tarantino; Cinema; Intertextualidade; Autoria; Semiótica; Ideologia

 

Data: 
terça-feira, 29 Julho, 2014 - 11:00

Exato Oceano: a escrita de Lêdo Ivo, da geração de 45 à metapoética da água

Autor: 
WLADIMIR SALDANHA DOS SANTOS
Orientador: 
LIGIA GUIMARAES TELLES
Banca: 
MARCIA RIOS DA SILVA CASSIA DOLORES COSTA LOPES RONIERE SILVA MENEZES ANTONIA TORREAO HERRERA
Abstract: 

Thèse à propos de la production littéraire de l'écrivain brésilien Lêdo Ivo, en discutant sur les jugements critiques cristallisés autour de la Génération de 45, à laquelle il a participé. Divisé en deux parties, la première s’occupe du contexte de son émergence, en utilisant un corpus de revues littéraires et des articles de journaux. La deuxième partie est une critique d'images poétiques, basée sur la théorie bachelardienne, qui permet d’identifier, dans le travail de Lêdo Ivo, l'image de l'eau comme une récurrence pleine de matérialité, de référentialité et de métalittérature: dans le premier cas, comme signe d’un devenir; ensuite, comme un signe de réabsorption poétique du lieu de naissance de l'auteur, l'État d'Alagoas; enfin, comme une métaphore d'un discours écrit à mi-chemin entre la prose et la poésie, le style lyrique et narratif, la fiction et la mémoire. Nous estimons que Lêdo Ivo a promu un renversement du paradigme de rigueur en fonction de l’excès qui, dés la Génération de 45, avait été une caractéristique étonnante de son écriture; mais un tel renversement n'est pas seulement stylistique, constituant un corrélat formel de la vision du monde de l'écrivain dont l'eau et ses mélanges − la boue des mangroves, par exemple – sont les grandes métaphores.

 

Keyword: Lêdo Ivo. Génération 45. Image de L'eau. Excès.

 

Resumo: 

Tese que se ocupa da singularidade da produção literária do escritor brasileiro Lêdo Ivo, problematizando os juízos críticos cristalizados em torno da Geração de 45, da qual este participou. Dividida em duas partes, a primeira se detém nesse contexto de surgimento, movimentando um corpus de revistas literárias e artigos de jornal. A segunda parte é uma crítica de imagens poéticas, feita com base teórica bachelardiana, que permite identificar, na obra de Lêdo Ivo, a imagem da água como recorrência agregadora de materialidade, referencialidade e metaliteratura: no primeiro caso, como elemento do devir; no segundo, como signo da reabsorção poética do lugar de nascimento do autor, o Estado de Alagoas; no terceiro, como metáfora de uma escrita em trânsito discursivo, entre prosa e poesia, lira e narrativa, ficção e memória. Sustentamos que Lêdo Ivo promoveu uma reversão desconstrutora do paradigma do rigor em função do excesso que, desde a Geração de 45, fora um traço marcante de sua escrita; mas tal reversão não é somente estilística, constituindo um correlato formal da cosmovisão do poeta, que encontra na água e nas suas misturas – a lama dos mangues, por exemplo – suas grandes metáforas.

Palavras-Chave: Lêdo Ivo. Geração de 45. Imagem da Água. Excesso.

 

Data: 
sexta-feira, 25 Julho, 2014 - 20:15

JOÃO GUIMARÃES ROSA E THOMAS MANN: ESCRITAS E EXÍLIOS

Autor: 
MARIA AURINIVEA SOUSA DE ASSIS
Orientador: 
EVELINA DE CARVALHO SÁ HOISEL
Banca: 
MIRELLA MARCIA LONGO VIEIRA LIMA ALEILTON SANTANA DA FONSECA LIGIA GUIMARAES TELLES EDUARDO DE FARIA COUTINHO
Abstract: 

This paper aims at studying the exile literature of João Guimarães Rosa and Thomas Mann from the point of view of their final productions Tutaméia (Third Stories), 1967, and The confessions of Felix Krull (1954). Both last works of their authors, they are, in the present context, considered as borderline creations of the two writers' thought processes. Thomas Mann and Guimarães Rosa make use of mystical perspectives to understand man, art and their countries in the 20th century, they mix up the inside/outside dualities, and create a conflicting zone of proximity and distance. Being at the same time inserted in and separated from the artistic languages of their times, and defending ambiguous positions with regards to the avant-gardes, the authors question the novelties which follow after modernization discourses. The present study considers Thomas Mann and Guimarães Rosa, in the given context of discussion szenaria, as late exile producers who put temporality in check, query present times by dislocating the accepted and propagated artistic code, and put the language problem into the limelight.

 

Keyword: exíle; language; late style; myth; history.

 

Resumo: 

O presente ensaio tem o objetivo de estudar o exílio nas literaturas de João Guimarães Rosa e de Thomas Mann, a partir da análise de suas produções finais, Tutaméia (Terceiras Estórias), de 1967, e Confissões do Impostor Félix Krull, de 1954, que são, respectivamente, suas últimas criações, consideradas aqui como obras-limite do pensamento dos escritores. Thomas Mann e Guimarães Rosa valem-se da perspectiva mítica com a qual leem o homem, a arte e seus países no Século XX, perturbam as dicotomias dentro/fora, instaurando uma zona de conflito de aproximação/distanciamento entre tempos e lugares, e encontram-se inseridos e apartados das linguagens artísticas de suas épocas, problematizando, por suas situações ambíguas com as vanguardas, o novo, que surge atrelado aos discursos de modernização. É nesse cenário de discussões que os escritores são tratados, no presente estudo, como produtores tardios e exilados que colocam a temporalidade em xeque, interrogam o tempo presente, por meio do deslocamento do código artístico aceito e propagado, e trazem à cena o problema da linguagem.

Palavras-Chave: exílio; linguagem; estilo tardio; mito; história.

 

Data: 
sexta-feira, 6 Junho, 2014 - 13:30

RISCOS DO TRAÇO E DO OLHAR NAS NARRATIVAS-LIMIAR DE GUIMARÃES ROSA E GLAUBER ROCHA

Autor: 
MARISA AUREA DE SA FALCAO
Orientador: 
EVELINA DE CARVALHO SÁ HOISEL
Banca: 
EDUARDO DE FARIA COUTINHO ANTONIA TORREAO HERRERA CLEISE FURTADO MENDES DENISE CARRASCOSA FRANCA
Abstract: 

From the concept of threshold, the presente work analyses the strategic narratives of the novel Grande sertão: veredas by João Guimarães Rosa and the film Deus e o diabo na terra do sol by Glauber Rocha, evaluating the destabilising effects that these threshold-narratives exercise on the contemporary notions of time, space and identity. Using the concept of cinematic cutting as image of thought, metaphor of the threshold, it examines the tension established by narrators that stand between verisimilitude ordering of a continuous narrative and the wandering of a narrative established under the subversive action of simulacrum, responsible for establishing the non-chronological time, the de-territorialized space and the paradoxical identity. In order to better reflect on this tension between verisimilitude and simulacrum, it also analyses some tales of the book Primeiras estórias de João Guimarães Rosa, the novel PanAmérica by José Agrippino de Paula and the films Psycho by Alfred Hichtcock, A Idade da terra and O dragão da maldade contra o santo guerreiro by Glauber Rocha, besides Run Lola run by Tom Tykwer, establishing a dialogue between the narrative strategies of these works and the threshhold-narrative of Grande sertão: veredas and Deus e o diabo na terra do sol. It concludes that the moving character of a threshold-narrative develops itself by the deviation of the simulacrum in processes of deterritorialization which refer to an incessant agencing between coding and decoding signic strategies.

 

Keyword: Grande sertão: veredas. Deus e o diabo na terra do sol. Comparative literature. Literature and movies.

 

Resumo: 

A partir da noção de limiar, o presente trabalho analisa as estratégias narrativas do romance Grande sertão: veredas de João Guimarães Rosa e do filme Deus e o diabo na terra do sol de Glauber Rocha, avaliando os efeitos desestabilizadores que essas narrativas-limiar exercem sobre as noções contemporâneas de tempo, espaço e identidade. Utilizando-se do conceito de corte cinematográfico como imagem de pensamento, metáfora do limiar, examina a tensão estabelecida por narradores que se posicionam entre a ordenação verossimilhante de uma narrativa contínua e a errância de uma narrativa elaborada sob a ação subversiva do simulacro, responsável por instaurar o tempo não cronológico, o espaço desterritorializado e a identidade paradoxal. Com o objetivo de melhor refletir sobre essa tensão entre verossimilhança e simulacro, analisa também alguns contos do livro Primeiras estórias de João Guimarães Rosa, o romance PanAmérica de José Agrippino de Paula e os filmes Psicose de Alfred Hichtcock, A Idade da terra e O dragão da maldade contra o santo guerreiro de Glauber Rocha, além de Corra Lola, corra de Tom Tykwer, estabelecendo um diálogo entre as estratégias narrativas dessas obras e as narrativas-limiar de Grande sertão: veredas e Deus e o diabo na terra do sol. Conclui que o caráter movente de uma narrativa-limiar se desenvolve pela ação de desvio do simulacro em processos de desterritorialização que remetem a um agenciamento incessante entre estratégias de codificação e de descodificação sígnicas.

Palavras-Chave: Grande sertão: veredas. Deus e o diabo na terra do sol. Literatura comparada. Cinema e literatura.

 

Data: 
quinta-feira, 5 Junho, 2014 - 12:45

O TEATRO DE CORDEL DE JOÃO AUGUSTO ENTRE ARQUIVO(S), EDIÇÃO E ESTUDO DE TEXTOS

Autor: 
LUDMILA ANTUNES DE JESUS
Orientador: 
ROSA BORGES DOS SANTOS
Banca: 
CELIA MARQUES TELLES ALVANITA ALMEIDA SANTOS NOELIA BORGES DE ARAUJO MARIA DA CONCEICAO REIS TEIXEIRA
Abstract: 

This thesis presents the study of the dramaturgy of João Augusto from a philological perspective, seeking to make public his artistic and intellectual trajectory throughout the edition and study of texts adapted from cordel literature. In this work, we sought to contextualize the texts in their production and transmission. We have immersed in the archives and collections, scrutinizing the places where the documents relating to the history and memory of João Augusto are kept, in an attempt to try to understand his production, reading the individual João Augusto as a "filed individual". We have considered the purpose of the cordel theatrical presentations, concerning also the relationship of João Augusto and Drama Groups from Bahia and between João Augusto and popular poets, analysis which we have made from the collected and adapted brochures and leaflets. We have selected, for the means of editing and critical study of the texts adapted from cordel literature, with its censorship documents, the following titles, in Brazilian Portuguese: O exemplo edificante de Maria Nocaute ou Os valores do homem Primitivo, Felismina Engole-Brasa, A mulher/As bagaceiras do Amor and O marido que passou o cadeado na boca da mulher. The edition had the purpose to show the history of the dramatic text of João Augusto, from the simple leaflet to the drama text, and make accessible to the public other documents which were part of the circulation of these texts, such as commentaries, press material, photographs, among others. We have also performed a critical reading of the adaptation process. We have completed this work revealing some forms of writing of João Augusto for the composition of cordel dramaturgy texts.

 

Keyword: Philology. Literary Archive.

 

Resumo: 

Estudo da dramaturgia de João Augusto, em perspectiva filológica, buscando tornar pública a trajetória artístico-intelectual desse sujeito a partir da edição e do estudo dos textos adaptados da literatura de cordel. Buscou-se, neste trabalho, contextualizar os textos em seus processos de produção e de transmissão. Fez-se uma incursão pelos arquivos e acervos, nos quais se encontram os documentos referentes à memória e à história de João Augusto, na tentativa de compreender a produção desse sujeito, de ler o sujeito arquivado. Teceram-se considerações a propósito das encenações dos textos de cordel, das relações entre João Augusto e os grupos de teatro baiano e entre João Augusto e os poetas populares nas adaptações dos folhetos. Selecionaram-se para edição e estudo crítico os textos adaptados da literatura de cordel, com documentação censória, a saber: O exemplo edificante de Maria Nocaute ou Os valores do homem Primitivo, Felismina Engole-Brasa, A mulher/As bagaceiras do Amor e O marido que passou o cadeado na boca da mulher. A edição tem como proposta mostrar a história do texto dramático de João Augusto, do folheto para o texto teatral, além de tornar público outros documentos que fizeram parte da circulação desses textos, como pareceres, material de imprensa, fotografias, entre outros. Realizou-se também uma leitura crítica do processo de adaptação. Finalizou-se esse trabalho, revelando algumas formas de escritura de João Augusto para a composição dos textos do Teatro de Cordel.

Palavras-Chave: Filologia. Arquivo literário. João Augusto. Teatro de Cordel.

 

Data: 
sexta-feira, 11 Abril, 2014 - 15:00

A construção do personagem criminoso na literatura e no cinema: Cidade de Deus, Capão Pecado e Ônibus 174.

Autor: 
VALQUIRIA LIMA DA SILVA
Orientador: 
RACHEL ESTEVES LIMA
Banca: 
JOSE HENRIQUE DE FREITAS SANTOS ANDERSON BASTOS MARTINS JOSE FRANCISCO SERAFIM DENISE CARRASCOSA FRANCA
Abstract: 

This study has as the theme the criminal, from the figuration of characters created by the literature, cinema and TV, in the end of XX century and the early XXI, more specifically between the years of 1997 and 2003. The basis of this reflection are the theorical perspective of the “dizi-visibility” (ALBUQUERQUE, 2001) and the narrative struggle (BHABHA, 2003) that minority groups have sought in the contemporaneity. As part of analysis, we selected five characters rather discussed and visualized in communication and culture environments, and reached a wide audience in this period: Zé Pequeno (Cidade de Deus, 1997, Paulo Lins), Rael (Capão Pecado, 2000, Ferréz), Zé Pequeno (Cidade de Deus, 2002, Fernando Meirelles), Sandro (Ônibus 174, 2002, José Padilha) and Celsinho da Vila Vintém (Programa Linha Direta, 2000). They have in common, the fact that, today, they are known to the general public and they are consider as “irreparable”. Interest us, to understand as the characters were constructed, in order to reaffirm or delete the stereotype of the “heinous subject” has already implanted in the imaginary by other speeches of the culture and Brazilian politics. To become it possible, we also call others discursive productions, like music, excerpts newspapers, texts from blog and social networks to perceive these subjects in their web narrative ramifications.

 

Keyword: criminal, character, representation, subjectivity, Brazilian culture.

 

Resumo: 

Este estudo possui como tema o criminoso, a partir da figuração de personagens criados pela literatura e pelo cinema, no fim do século XX e início do século XXI, mais especificamente entre os anos de 1997 e 2002. Embasam esta reflexão as perspectivas teóricas da “dizivisibilidade” (ALBUQUERQUE, 2001) e do “direito à narrativa” (BHABHA, 2003) que os grupos minoritários têm buscado na contemporaneidade. Como corpus de análise, selecionamos quatro personagens bastante discutidos e visibilizados nos ambientes da comunicação e da cultura, e que alcançaram um grande público nesse período: Zé Pequeno (Cidade de Deus, 1997, Paulo Lins), Rael (Capão Pecado, 2000, Ferréz), Zé Pequeno (Cidade de Deus, 2002, Fernando Meirelles) e Sandro (Ônibus 174, 2002, José Padilha). Todos têm em comum o fato de, hoje, serem conhecidos do grande público e de serem criminosos considerados “irreparáveis”. Interessa-nos, então, entender como esses personagens foram construídos, de modo a reiterar ou rasurar o estereótipo do “sujeito hediondo”, já implantado no imaginário por outros discursos da cultura e da política brasileira. Para fazê-lo, chamamos também à baila outras produções discursivas, como músicas, fotografias, trechos de jornais, textos de blogs e redes sociais, para entrever esses sujeitos na teia de suas ramificações narrativas.

Palavras-Chave: criminoso – personagem – representação – subjetividade – cultura brasileira.

 

Data: 
sexta-feira, 4 Abril, 2014 - 14:15

A reconfiguração da nordestinidade: imagens do espaço nordeste em Árido movie, 2000 Nordestes e na trilogia do escritor Antônio Torres

Autor: 
MANOELA FALCON SILVEIRA
Orientador: 
RACHEL ESTEVES LIMA
Banca: 
ELIZABETH SANTOS RAMOS LIGIA GUIMARAES TELLES ANA MARIA CLARK PERES CLAUDIO CLEDSON NOVAES
Abstract: 

The work aims to provide a profile of nordestinidade [“the feeling of being Northeastern”] found in contemporary literary and cinematographic works, from the analyze of Northeastern spaces which permeate the Antônio Torres trilogy, in the novels Essa Terra (1976), O cachorro e o lobo (1997) and Pelo fundo da agulha (2006), and the cinematography of Árido Movie (2005), by Lírio Ferreira, and 2000 Nordestes (2000), documentary directed by David França Mendes and Vicente Amorim. The reconfiguration of Northeastern Brazil marked by the free access to the new technologies has changed the meaning of these spaces, which are represented by an imaginary of precariousness consisted of the literature and cinema in the 1930s to 1970s. Nowadays, the view on the Northeastern environment enables other possibilities of understanding ways of life and the social organization of these people, as well as belonging forms and notions inscribed in the subjectivity of individuals who belong to these places. Studying how fictional, territorial, biographic and cultural Northeastern spaces have been forming and changing as a result of the contact with new technologies is the main objective of this work.

 

Keyword: Northeastern space; Antônio Torres; Árido Movie; 2000 Nordestes

 

Resumo: 

O trabalho tem como objetivo discutir o perfil da nordestinidade apresentado pelas obras literárias e cinematográficas contemporâneas, a partir da análise do Espaço Nordeste que permeia a trilogia do escritor Antônio Torres nos romances Essa Terra (1976), O cachorro e o lobo (1997) e Pelo fundo da agulha (2006) e da cinematografia de Árido Movie (2005), de Lírio Ferreira e 2000 Nordestes (2000), documentário dirigido por David França Mendes e Vicente Amorim. A reconfiguração do Nordeste brasileiro, marcada pelo livre acesso às novas tecnologias, tem deslocado o significado destes espaços representados por um imaginário de precariedades, construído pela literatura e pelo cinema das décadas de 1930 a 1970. Hoje, o olhar sobre a paisagem nordestina possibilita outras maneiras de apreender os modos de vida e a organização social desta população, assim como as formas e noções de pertencimento habitadas na subjetividade dos indivíduos pertencentes a esses lugares. Estudar como os espaços ficcionais, territoriais, biográficos e culturais nordestinos vêm se constituindo e transformando a partir do contato com as novas tecnologias é a principal meta deste trabalho.

Palavras-Chave: Representações do Nordeste; Antônio Torres; Árido Movie; 2000 Nordestes.

 

Data: 
quinta-feira, 3 Abril, 2014 - 10:45

LITERATURA INFANTOJUVENIL AFRO-BRASILEIRA: UMA LEITURA DE OS REIZINHOS DE CONGO

Autor: 
RUTH CECCON BARREIROS
Orientador: 
NANCY RITA FERREIRA VIEIRA
Banca: 
FLORENTINA DA SILVA SOUZA SILVIA MARIA GUERRA ANASTACIO LOURDES KAMINSKI ALVES RENILSON JOSE MENEGASSI
Abstract: 

Our research holds the African-brazilianness as the main theme and takes as its object of investigation the African-brazilian Children's book named as Os Reizinhos de Congo (2007a), whose author is Edimilson de Almeida Pereira and the illustration is made by Graça Lima. We were theoretically supported by the Aesthetics of Reception, proposed by Iser (1996- 1999), with specificity for the Theory of Aesthetic Effect, in order to apprehend the reading process in this work. Based on this support, we aimed at understanding how this literary work, in its aesthetic and cultural aspects, is characterized as an African-brazilian juvenile literary work. The choice of a research object, which could meet our needs, required readings of other literary works. Thus, we used as reference the titles that have been distributed by the National Program of Library in School (Programa Nacional Biblioteca da Escola – PNBE) concerning about our studied topic. However, we did not find among the works of PNBE one that could meet our expectations, so, other readings were taken until we get to this referenced work. As criteria for analyzing the book, we decided to understand the textual arrangement and infer the aesthetic experience based on our reading decision-making. Thus, the reading was effective some elements of Iser’s theory were proposed to show such process of reading. The results indicated that the studied literature presents enough elements to be characterized as an African-brazilian work as well as its textual arrangement displays literariness. Due to these results, we propose an initial classification for the works that fit the perspective of children's literature with an African-brazilian theme, such as Os Reizinhos de Congo.

 

Keyword: Reading. Children's literature. African-brazilian literature.

 

Resumo: 

Nossa pesquisa tem como tema a afro-brasilidade e toma como objeto de investigação a obra literária infantojuvenil de temática afro-brasileira Os Reizinhos de Congo (2007a), autoria de Edimilson de Almeida Pereira e ilustração de Graça Lima. Amparamo-nos teoricamente na Estética da Recepção, proposta por Iser (1996, 1999), com especificidade para a Teoria do Efeito Estético, para a depreensão do processo de leitura nessa obra. A partir desse suporte, traçamos como objetivo compreender como ela, em seus aspectos estéticos e culturais, caracteriza-se como literatura infantojuvenil afro-brasileira. A escolha de um objeto de pesquisa, que respondesse ao nosso intuito, demandou leituras de outras obras literárias, para isso, tomamos como referência os títulos distribuídos pelo Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE) que versam sobre o tema. Contudo, não encontramos entre as obras do PNBE uma que atendesse às nossas expectativas, fazendo com que outras leituras fossem empreendidas até chegarmos à obra referenciada. Como critérios de análise do livro, buscamos perceber o arranjo textual e depreender a experiência estética, baseada no nosso gesto de leitura. Efetivada a leitura, elencamos alguns pontos da teoria de Iser para mostrar o processo de leitura realizado. Os resultados apontaram que a literatura estudada apresenta elementos suficientes para ser caracterizada como afro-brasileira, bem como o seu arranjo textual exibe literariedade. Em virtude desses resultados, propomos uma classificação inicial para as obras que se enquadrem na perspectiva de literatura infanto-juvenil de temática afrobrasileira, como é o caso de Os Reizinhos de Congo.

Palavras-Chave: Leitura. Literatura infantojuvenil. Literatura afro-brasileira.

 

Data: 
quinta-feira, 27 Março, 2014 - 10:30

Criação de um Audiolivro e a Temática da Acessibilidade

Autor: 
LUCIA TEREZINHA ZANATO TURECK
Orientador: 
SILVIA MARIA GUERRA ANASTACIO
Banca: 
ACIR DIAS DA SILVA SILVIA LA REGINA LOURDES KAMINSKI ALVES
Abstract: 

The present study is a research centered on the creation process of an audiobook, which includes two stories based on the theme of blindness. The processes of intermedia translation related to the production of such audiobook were analysed and the first story belongs to a genre known as fantastic literature and it was writtenin England at the end of the nineteenth century - The country of the blind by Herbert George Wells; as for the second one, it is a story related to the African Brazilian literature - A cega e a negra - uma fábula, in English The blindand the black women - a fable by Miriam Alves. The digital manuscripts generated in the script production, as well as the processes of recording and editing of such medium were analysed in the present work. So as to give support to this research, theories related to Even Zohar´s Polisystem theories in translation studies were very useful, as well as subject matter on radio aesthetics and vocal performance. As for the theoretical and methodologic support of the work of the field of fgenetic criticism has also proved to be very relevant. In order to understand how verbal language can be used to convey sound images that are able to help people with visual deficiency in the appropriation of culture products, the reception of the audiobook under consideration by such target audience analyzed. The focus was given in the perspective that this creation constitutes an accessibility instrument to literary texts, enlarging the possibilities of aesthetic fruition also by people with visual deficiency and that has become evident in the result of the reception process of the produced audiobook.

 

Keyword: creation process; intermedia; audiobook; people with visual deficiency; accessibility.

 

Resumo: 

O presente estudo é resultado de uma pesquisa sobre o processo de criação de um audiolivro a partir de dois contos relacionados com a temática da cegueira. Analisaram-se os processos de tradução intermidiática envolvidos na produção dessa mídia sonora baseada em um conto do gênero literatura fantástica, escrito na Inglaterra, final do século XIX – The country of the blind, traduzido como A terra dos cegos, de Herbert George Wells; e outro conto, este da literatura afrobrasileira – A cega e a negra – uma fábula, de Miriam Alves. Os manuscritos digitais gerados na produção de roteiros, bem como o processo de gravação e edição da mídia em questão foram temas de análise. Para o embasamento teórico do trabalho, foram utilizadas teorias relacionadas aos estudos de tradução, como a dos Polissistemas de Even-Zohar, bem como à estética radiofônica e à performática vocal, contando-se com a base teórica e metodológica da crítica genética. Ao compreender como a linguagem verbal pode ser usada para compor imagens sonoras que sirvam de instrumento de mediação para pessoas com deficiência visual na apropriação da cultura, analisou-se a recepção do audiolivro por essas pessoas. O enfoque foi dado na perspectiva de que essa criação constitui um instrumento de acessibilidade a textos literários, ampliando as possibilidades de fruição estética também por sujeitos com deficiência visual, conforme apresentam os resultados do processo de recepção do audiolivro produzido.

Palavras-Chave: processo de criação; intermídia; audiolivro; pessoas com deficiência visual; acessibilidade.

 

Data: 
quarta-feira, 26 Março, 2014 - 20:45

Páginas