Dissertações

Format: 2018

Sob o signo da posse: o tramado interdiscursivo na lírica de Maria Lúcia Dal Farra

Nome do autor: 
Ivo Falcão da Silva
Nome do orientador: 
Lígia Guimarães Telles
Banca: 
Lígia Guimarães Telles Verbena Maria Rocha Cordeiro Antonia Torreão Herrera
Resumo: 

 
O presente trabalho discute a interdiscursividade na lírica da escritora paulista de Botucatu, Maria Lúcia Dal Farra, com destaque para a sua segunda coletânea de poemas, publicada em 2002, o Livro de Possuídos. Inicialmente, rastreamos o perfil autoral da poetisa, levando em consideração as suas múltiplas atuações: docente, crítica, intelectual e ficcionista. Nesse momento, observamos por meio de entrevistas, depoimentos, textos teóricos e poesias como os vários discursos da escritora estão entrecruzados em suas diferentes produções. No segundo momento da dissertação, adentrando com maior acuidade em nosso objeto de pesquisa eleito, o Livro de Possuídos, apresentamos os trânsitos intertextuais que estão presentes entre a obra da escritora e a do poeta latino Virgílio. Além disso, na seção desse livro denominada Vergilianas, levamos em conta também o diálogo que é estabelecido com a tradição literária, uma postura da poetisa em revisar os discursos do passado e imprimir outras possibilidades de leitura. Na última parte da dissertação, focalizamos a relação entre poesia e pintura, considerando as interlocuções presentes entre essas duas linguagens. A poetisa, ainda no referido livro, apropria-se de algumas obras plásticas dos artistas Gustav Klimt e Vincent Van Gogh (nomes que dão título aos últimos dois blocos da referida publicação) para construir os seus textos poéticos. Com isso, pode-se perceber que a poesia de Dal Farra utiliza dos diálogos entre textos e imagens para, além de reler a tradição, expor o seu pensamento sobre a arte e a literatura.

Abstract: 

 
This paper discusses the interdiscursivity in Maria Lúcia Dal Farra’s lyrics, who is a writer born in São Paulo, and it feature her second collection of poems, published in 2012, Livro dos
possuídos. Initially, we tracked her poet authorial profile, taking into account her multiple performances as a teacher, critic, novelist and intellectual. In this moment, we observed thought interviews, declarations, theoretical texts and poetry, how the several discourses of the writer are intersected in her different productions. In the second moment of the dissertation, entering more acuity in our research object elected, Livro dos Possuídos, we presented the intertextual influences between the opus of the writer and the Latin poet, Virgílio. Besides, in the section of the book named Vergilianas, we also considerate the dialogue established with the literary tradition, which is an attitude of the poet to review the past speeches and create another reading possibility. In the last part of the dissertation, we concentrated in the relation between poetry and painting, considering the interlocution present in both languages. In the book mentioned, the poet appropriates some plastic arts of Gustav Klimt and Vincent Van Gogh to write her poetic texts (that’s why both artists names give tittle to the last two parts of the book). Therewith, it’s possible to notice that Dal Farra’s poetry uses the dialogues between text and images to reread the tradition and expose her thoughts about art and literature.

Data: 
terça-feira, 4 Junho, 2013 - 14:00

O DESABROCHAR DE UMA FLOR EM TEMPOS DE REPRESSÃO: EDIÇÃO E CRÍTICA FILOLÓGICA DE APARECEU A MARGARIDA DE ROBERTO ATHAYDE

Nome do autor: 
Fabiana Prudente Correia
Nome do orientador: 
Profa. Dra. Rosa Borges dos Santos
Resumo: 

No contexto de repressão política e cultural imposta pelo regime ditatorial militar, entre os anos 1968 e 1978, surge no Rio de Janeiro um jovem intelectual dramaturgo: Roberto Athayde, que contava vinte e um anos de idade quando escreveu Apareceu a Margarida, seu quarto texto teatral, considerado hoje uma das obras dramáticas de maior repercussão internacional. Este trabalho põe em foco a transmissão da obra de Athayde, que atravessa a história e a censura, materializada em um conjunto de versões produzidas em diferentes períodos e Estados. No esforço de estabelecer um recorte para a viabilização deste trabalho, escolheram-se os três primeiros testemunhos produzidos de próprio punho pelo autor ou sob sua supervisão, no Rio de Janeiro, os três datiloscritos localizados nos arquivos da Bahia, e a última publicação da obra, realizada em 2003. Através do exercício da crítica filológica, fezse o estudo da tradição da obra inserida na história, enfocando, principalmente, seu processo de transmissão e sua divulgação no Estado da Bahia. Por compreender os testemunhos de uma obra como indivíduos históricos, inseridos em uma determinada configuração sociocultural, propõe-se, no campo da Crítica Textual em perspectiva sociológica, um modelo editorial que considere, na complexidade da tradição da obra a ser estudada, os diferentes momentos/estados do texto e sua história. Assim, apresentam-se os textos em edição sinóptica (em suporte papel e eletrônico) e fac-similar, em meio digital, buscando evidenciar as diferentes versões de Apareceu a Margarida em confronto e cada testemunho tomado em sua especificidade. Realizou-se ainda uma leitura crítico-filológica do texto, considerando as metáforas utilizadas na linguagem cênica em seu contexto sócio-histórico.

PALAVRAS-CHAVE: Apareceu a Margarida. Crítica Textual. Crítica Filológica.

Abstract: 

In political and cultural repression context imposed by Brazilian military dictatorship, years 1968-1978, a young intellectual playwright Roberto Athayde appeared in Rio de Janeiro. He was twenty-one years old when wrote Apareceu a Margarida, his fourth theatrical text, currently considered as one of the greatest dramatic works of international repercussion. This study spotlights the transmission of Athayde’s work, which goes through history and censorship, materialized in a set of versions produced in different periods and in different Brazilian states. In an effort to establish a cut for this work feasibility, it was picked up the first three testimonies produced by the author's own hand or under his supervision, in Rio de Janeiro, the three typewritten versions of files in Bahia, and the 2003 final published version.Through the philological criticism exercise, it was studied the work tradition inserted in the history scenery, specially focusing its transmission process and dissemination in the State of Bahia. By understanding the testimonies of a work as historical individuals, embedded in a particular sociocultural setting, it is proposed, in the field of Textual Criticism in a sociological perspective, an editorial model that considers, in the complexity of the work to be studied tradition, the different times/states of the text and its history. So the texts are presented in synoptic edition (paper and electronic) and facsimile, in digital media, seeking to highlight the different versions of Apareceu a Margarida in confrontation, and taking each testimony in its specificity. It was still carried out a critical-philological reading of the text, considering the metaphors used in scenic language in its socio-historical context.

KEY-WORDS: Apareceu a Margarida. Textual Criticism. Philological Criticism

Data: 
quinta-feira, 16 Maio, 2013 - 02:00

Hamlet II: da lágrima ao riso

Nome do autor: 
Maria Juliana Assis de Oliveira
Nome do orientador: 
Elizabeth Santos Ramos
Banca: 
Elizabeth Santos Ramos Mário Augusto da Silva Santos Mauro Porru
Resumo: 

Esta dissertação aborda elementos pertinentes ao universo da tradução intersemiótica, que se dá entre meios sígnicos distintos. Aqui especificamente, este diálogo acontece entre o signo escrito – Hamlet, obra shakespeariana, e o cinematográfico – Hamlet II: perdendo a noção, do diretor Andrew Fleming. Ante o panorama erguido pelo dialogismo entre as referidas obras, nosso objetivo central foi a análise da trajetória do personagem Hamlet como herói, para em seguida analisar a transmutação da tragédia shakespeariana em comédia no filme Hamlet II: perdendo a noção. Para alcançarmos nosso objetivo adotamos uma postura baseada em reflexões desconstrutivistas, que não hierarquizam a obra de partida em relação à de chegada, mas que antes disso, entendem esta última como suplemento da primeira. Nosso processo lidou não apenas com signos específicos, mas também com gêneros diferentes, e ao final do percurso ratificamos a noção de que Hamlet se insere no centro dos heróis trágicos ocidentais, mas também pudemos perceber que a transmutação Hamlet II: perdendo a noção, mesmo como comédia, guardou inúmeros pontos de contato com a tragédia que a antecederam.

Abstract: 

 
This essay approaches items from the intersemiotic translation universe, which happens between distinct medium signs. Specifically here, this dialogue occurs between the written sign – Hamlet, a Shakespearian work of art, and the cinematographic medium – Hamlet II, directed by Andrew Fleming. Facing the overview provided by the dialogism relating to the aforesaid works of art, our main goal was the analysis of the character Hamlet as a hero, and then analyze the transmutations of the Shakespearian tragedy into a comedy in the film Hamlet II. In order to reach our goal we adopted an attitude based on deconstruction theories which does not hierarchize the source work in relation to the target one, but instead of that they understand the target work as a supplement to the source one. Our process did not deal only with specific signs, but also with different genders, and up to the end of the trajectory we ratified the notion that Hamlet is inside the occidental tragic hero’s center, but we also could realize that the transmutation Hamlet II even as a comedy kept many contact points with the tragedy which came before itself.

Data: 
sexta-feira, 10 Maio, 2013 - 14:00

Confluências temporais em Clarice Lispector: Análise de “Uma Aprendizagem” e “Água Viva”

Nome do autor: 
Marília Danielle Santos Cerqueira
Nome do orientador: 
Igor Rossoni
Banca: 
Igor Rossoni Maria das Graças Meirelles Correia Lígia Guimaraes Telles
Resumo: 

 
Apresenta reflexões acerca da questão do tempo em representações literárias, com ênfase à narrativa de Clarice Lispector. Nesta perspectiva, observa-se que o tempo condiciona-se a estados psíquicos das personagens e narrador; e por isso, verifica-se instável, fragmentado e sem linearidade. É corrente a utilização retórica da movimentação temporal proeminente do fluxo da consciência no desenvolvimento da estratégia discursiva. Porém, a experiência da sucessão do tempo pode se apresentar por meio de aspectos objetivos, caracterizados como cronológicos, ou pela sensação psíquica de transição temporal. Assim, por intermédio de seleção e estudo de referencial teórico sobre Clarice Lispector e a questão do tempo, identifica-se a ligação entre manifestações temporais cronológicas e psicológicas, verificáveis tanto na estrutura da narrativa, a qual infere ilusão de fluxo temporal, quanto no tema, devido às reflexões empreendidas a respeito da relação entre “ser” e tempo. É perceptível, de modo geral, inquietações a respeito da influência temporal na literatura e vivência humana, dentre filósofos e críticos literários. Deste modo, evidenciam-se concepções como as de Bergson (1988), Heidegger (1989), Paul Ricoeur (2010) e Benedito Nunes (2002), com objetivo de sustentar argumentos. Neste sentido, a análise reflexiva das obras, “Uma aprendizagem” e“Água viva”, identifica e expõe recursos retóricos de manipulação temporal, além de desenvolver comentário crítico a respeito da utilização de estratégias e técnicas discursivas na composição literária de Clarice Lispector, as quais comprovam a manifestação de confluências temporais.

Abstract: 

 
It presents reflections about issue of the time in literary representations, with emphasis on the narrative of Clarice Lispector. In this perspective, it is observed that the time depends on psychological states of characters and narrator, and therefore time becomes unstable, fragmented and non-linearity. It is common to rhetoric use of the time liked to the consciousness temporal flow in the development of discursive strategy. But experience of the succession of time can present itself through objective aspects, characterized as chronological, or the psychic sense of temporal transition. Thus, through selection and theoretical study about Clarice Lispector and the question of time, it identifies the link between temporal manifestation chronological and psychological verifiable such in the structure of the narrative, witch infers illusions of temporal flux, as the theme, because the reflections about the relationship between “being” and time. It is noticeable, in general, concerns about the temporal influence on literature and human experience, among philosophers and literary critics. Thus, it shows the concepts of Bergson (1988), Heidegger (1989), Paul Ricoeur (2010) and Benedito Nunes (2002), with the goal of supporting arguments. In this sense, reflective analysis about the works, “Uma aprendizagem” e “Água viva”, identifies and exposes rhetorical handling time, and develops critical commentary about the use of discursive strategies and techniques in literary composition of Clarice Lispector, which prove the
manifestation of temporal confluences.

Data: 
terça-feira, 26 Março, 2013 - 14:00

Ritmologia nagô: delineamentos de memórias culturais nos candomblés

Nome do autor: 
Danielson Santiago Portugal
Nome do orientador: 
Alvanita Almeida Santos
Banca: 
Alvanita Almeida Santos Silvio Roberto dos Santos Oliveira José Henrique de Freitas Santos
Resumo: 

Tornou-se clichê a metáfora que delineia os candomblés como os responsáveis simbólicos pela manutenção e origem dos elementos que figuram a identidade nacional brasileira. Tal discurso, que poderia funcionar como estratificação demonstrativa do empoderamento da negritude militante nos movimentos de resistência negra no Brasil, tendeu a folclorizar-se, criando algumas tensões entre sociedade civil e comunidades afrorreligiosas. Uma das críticas mais recorrentes diz respeito à relação da publicação de textualidades religiosas relacionadas ao segredo (ou mistério) nos candomblés. Contudo, a ritmologia nagô tem se mostrado um instrumento político mediador das relações entre povo-de-santo e sociedade mais ampla. Este estudo empreende compreender o lugar da negritude, mediado pela Arte, na sociedade global, capitalista, pós-colonial e contemporânea, enfatizando que a música sacra afrobrasileira constitui-se na brasilidade como delineamentos da memória cultural da diáspora africana, cujos desdobramentos incidem na cultura parareligiosa como elementos estéticos formadores da música popular brasileira. Assim, é evidenciada a relação entre literatura, sagrado e poesia oral.

Abstract: 

 
Elle est devenue un cliché la métaphore qui presente les candomblés comme les symboles responsables de l’origine et de la conservation des éléments qui forment l’identité nationale brésilienne. Un tel discours qui pourrait fonctionner comme une stratification qui démontre la puissance de la négritude militante des mouvements de résistance des noirs au Brésil, tend à devenir folklorique tout en créant des tensions entre la société civile et les communautés d’origine africaine. Une des critiques les plus récurrentes est liée à la publication de textes religieux touchant le secret (ou le mystère) des candomblés. Cependant, le recueil de chansons liturgiques nagô s’est revelé comme un instrument politique médiateur entre les fils-de-saint et la société plus large. La presente étude essaie de comprendre le lieu de la négritude, véhiculé par l'art, dans la société mondiale, capitaliste, post-coloniale et contemporaine, en soulignant que la musique sacrée afro-brésilienne s’est formée à l’intérieur des processus identitaires du Brésil comme les contours de la mémoire culturelle de la diaspora africaine, dont les développements font peser leurs effets au-delà de la culture religieuse comme des éléments esthétiques, formateurs de la musique populaire brésilienne. Donc, elle est soulignée la relaction parmi la litérature, le sacré et la poésie orale.

Data: 
sexta-feira, 22 Fevereiro, 2013 - 14:00

As viagens do Minotauro: diálogos entre o mito, o texto lobatiano e sua adaptação televisiva

Nome do autor: 
Daniella Amaral Tavares
Nome do orientador: 
Elizabeth Santos Ramos
Banca: 
Elizabeth Santos Ramos (UFBA) Maria Theresa Abelha Alves Marques (UNEB) Nancy Rita Ferreira Vieira (UFBA)
Resumo: 

Esta dissertação contempla o diálogo entre a versão clássica do mito do Minotauro, o texto OMinotauro (1939), de Monteiro Lobato, e a adaptação homônima (1978) da Rede Globo, presente na série infanto-juvenil O Sítio do Picapau Amarelo (1977-1986). Nessa medida, esta pesquisa discute os caminhos, convergentes ou não, adotados pelas duas adaptações, considerando que O Minotauro televisivo dialoga simultaneamente com a versão clássica e com a releitura lobatiana. Como norteadores deste percurso estão a taxonomia de Genette acerca das relações transtextuais e estudos sobre a paráfrase, estilização e paródia – esta última vista a partir da carnavalização em Bakhtin. Igualmente foram relevantes os estudos sobre a adaptação, desvinculados das tradicionais noções de originalidade e fidelidade. Como mediadores desta análise, estão também inclusos os fatores externos que influenciam as decisões sobre os textos de partida, presentes nas reflexões de André Lefevere e Itamar Even- Zohar. A partir destes aportes teóricos, observou-se como as escolhas presentes nas duas releituras contribuem para a perpetuação e renovação dos relatos míticos e das narrativas que deles se alimentam.

Abstract: 

This dissertation considers the dialogue between the classic version of the Minotaur myth, the text The Minotaur (1939) by Monteiro Lobato, and the homonym adaptation (1978) by Globo Broadcasting Network, shown on TV for the show Yellow Woodpecker Ranch (1977-1986). Thus, the convergent and non-convergent paths adopted by both adaptations are presented, considering that the TV episode The Minotaur establishes dialogues with the classic text and also with Lobato’s rewriting. In order to support the analysis, we take from Genette’s transtextual taxonomy, studies on paraphrases, stylization and parody – the last one based on Bakhtin’s carnivalization theory. We also consider the adaptation free from traditional concepts of originality and fidelity. The research is also guided by external factors that influence decisions over the basic text, as described by André Lefevere and Itamar Even- Zohar. Based on these theoretical references, the contribution of both rewritings is considered as a possibility for incessant renovation of mythic stories and narratives originated from them.

Data: 
sexta-feira, 15 Fevereiro, 2013 (All day)

Um olhar dividido entre o horror e o fascínio: a violência contra a mulher em Alfred Hitchcock, a partir de Vertigo, Psycho e Marnie

Nome do autor: 
Luiz Carlos de Souza
Nome do orientador: 
Nancy Rita Ferreira Vieira
Banca: 
Nancy Rita Ferreira Vieira (UFBA) Marinyze das Gracas Prates De Oliveira (IHAC/UFBA) Antonia Torreão Herrera (UFBA)
Resumo: 

O trabalho que se segue pretende investigar a representação da violência contra a mulher enquanto componente fundamental das estratégias narrativas de construção do suspense hitchcoquiano ao longo dos anos 50 e 60. Para tanto, nos propomos à análise de três filmes emblemáticos do período, a saber: Vertigo (1958) Psycho (1960) e Marnie (1964). A geração de angústia no espectador, emoção base para a geração do suspense, localiza-se na dimensão da pulsão escópica, alimentada pela expectativa de que sejam oferecidas cenas nas quais o desejo sádico da audiência é satisfeito por uma configuração cinematográfica que elege, como componente fundamental da narrativa e do prazer do filme, imagens diretamente vinculadas ao padecimento e sofrimento da mulher.

Abstract: 

 
The purpose of the following study is to analyze the representation of violence against women as a key component of the narrative strategies of suspense in Alfred Hitchcock artwork, over the years 50 and 60. To this end, we propose the analysis of three iconic films of the period: Vertigo (1958) Psycho (1960) and Marnie (1964). The generation of anxiety in the spectator excitement basis for generating suspense, located on the size of the scopic drive, fueled by expectations for scenes in which the audience's sadistic desire is satisfied by a cinematic setting that elects, as a component fundamental narrative and pleasure of the film images directly linked to the plight and suffering of women.

Data: 
quinta-feira, 17 Janeiro, 2013 - 14:00

Dissertação 1

Nome do autor: 
José Maria Assis
Nome do orientador: 
Prof. José Amorim
Banca: 
teste1
Resumo: 

teste2

Abstract: 

teste3

Data: 
segunda-feira, 17 Setembro, 2012 - 16:45
Arquivo: 

As ideias de catarse na produção de Cleise Mendes

Nome do autor: 
Igor Nunes Dourado de Carvalho
Nome do orientador: 
Evelina de Carvalho Sá Hoisel
Banca: 
Evelina de Carvalho Sá Hoisel Luiz Cesar Alves Marfuz Cássia Dolores Costa Lopes
Resumo: 

 
A produção acadêmica de Cleise Mendes propõe uma releitura do conceito de catarse, especialmente quanto ao efeito da comédia. Partindo de expressivas referências teóricas, como Henri Bergson e Bertolt Brecht a proposta de Mendes é investigar a possibilidade de o gênero dramático ser mobilizador da integralidade do sujeito: razão e emoção, independentemente da modalidade de representação literária. Após a compreensão das concepções de catarse de Mendes, proponho uma leitura dialógica com sua própria produção ficcional dramática: a comédia Marmelada: uma comédia caseira e o drama Noivas. Suspeito, que uma melhor leitura das teorias de Mendes não decorre apenas dos textos acadêmicos, mas também que sua própria ficção pode dar pistas, suplementar o entendimento da catarse. Deste modo, a pesquisa ora apresentada tem o objetivo de confrontar e analisar conexões possíveis entre a teoria e dramaturgia de Cleise Mendes, sendo possível visualizar e compreender contaminações entre as instâncias de fala assumidas pela teórica. Com esta investigação, não pretendo defender que a ficção serve aos ideais teóricos, mas que a construção teórica de Mendes possibilita uma metodologia de leitura convergente e integrativa com a própria ficção. Portanto, este trabalho é a construção de uma leitura possível da ficção de Mendes, articulada e em diálogo com a produção teórico-acadêmcia da própria dramaturga.

Abstract: 

 
The academic production of Cleise Mendes proposes a reinterpretation of the concept of catharsis, especially regarding the effect of comedy. Starting from significant theoretical references, such as Henri Bergson and Bertolt Brecht the proposed Mendes is investigating the possibility that the dramatic genre to be mobilizing the entirety of the subject: reason and emotion, regardless of the mode of literary representation. After understanding the concepts of catharsis Mendes, I propose a dialogical reading with his own production fictional drama, comedy Marmalade: a homemade comedy and drama Brides. I suspect that a better reading of the theories of Mendes does not stem only from academic texts, but also that his own fiction can give clues, further understanding of catharsis. Thus, the research presented here aims to collate and analyze possible connections between the theory and dramaturgy Cleise Mendes, it is possible to visualize and understand contamination between instances of
speech assumed by the theory. With this research, do not intend to argue that fiction serves the theoretical ideals, but that the theoretical construction of Mendes provides a method of reading and converging with the Integrative fiction. Therefore, this work is the construction of a possible reading of fiction Mendes, articulate and in dialogue with the production of their own theoretical from playwright.

Data: 
sexta-feira, 6 Julho, 2012 - 14:00

Decálogos da crítica: um estudo sobre a performance normativa de manuais de conduta para a crítica literária contemporânea

Nome do autor: 
Ruth Trindade Braga Santana
Nome do orientador: 
Rachel Esteves Lima
Banca: 
Rachel Esteves Lima (UFBA) Jailma dos Santos Pedreira Moreira (UNEB) Antonio Marcos da Silva Pereira (UFBA)
Resumo: 

O trabalho tem como objetivo estudar a noção de crítica na contemporaneidade a partir da análise dos decálogos, espécies de manuais que definem traços de conduta a serem seguidos pelo crítico, e explorar seus aspectos auto-reflexivo, normativo e performativo como modos de intervenção no campo literário brasileiro. Os decálogos são elaborados por críticos literários e têm sido recorrentemente utilizado pela crítica jornalística contemporânea. Para compreender esse contexto, buscou-se analisar a configuração do campo literário, destacando-se a importância da polêmica como forma de legitimação nesse espaço. Ao aproximar polêmica, decálogo e performance, entendeu-se a afirmação da autoridade normativizadora do decálogo, lida aqui enquanto traço postural do crítico que o distinguem enquanto ator no campo de batalha do jogo literário, como forma de conter a expressão da subjetividade do crítico.

Abstract: 

 
Le travail vise à étudier la notion de critique dans le contexte contemporaine en faisant l'analyse de décalogues, des types de manuels qui définissent les traits de conduite à être suivre par la critique, et à explorer les aspects l'auto-réflexive, normatif et performatif comme les modes d'intervention dans le domaine littéraire brésilienne. Les décalogues sont faites par les critiques littéraires et sont utilisé de façon récurrente par la critique journalistique contemporaine. Pour comprendre ce contexte, on a fait l’analyse de la configuration du champ littéraire, soulignant l'importance de la controverse comme un moyen de légitimer cet espace. Lorsque approcher la polémique, le décalogue et la performance, on a apperçu l’affirmation de l'autorité normalisant des décalogues, liée ici comme l’indice de la posture du critique qui le distinguent en tant qu'acteur sur le champ de bataille du jeu littéraire, comme un moyen de contenir l'expression de la subjectivité du critique.

Data: 
sexta-feira, 6 Julho, 2012 - 14:00

Páginas