Dissertações

Format: 2018

ROUGE BRÉSIL: essa literatura francesa que nos lê

Nome do autor: 
William De Lima Maia
Nome do orientador: 
Prof. Dr. Sérgio Barbosa de Cerqueda
Resumo: 

Esta dissertação objetiva discutir a representação da figura do ameríndio no romance Rouge Brésil (2001) de Jean-Christophe Rufin. Trata-se de uma obra contemporânea que trabalha com dois eixos para a sua construção narrativa. O primeiro é o resgate de relatos de viagem, inscritos no século XVI, que descrevem a primeira tentativa de colonização francesa no Brasil, batizada de França Antártica, em 1555. O segundo consiste numa operação ficcional que permite à narrativa introduzir personagens que não se fazem presentes nos relatos consultados para composição desse romance histórico. A análise que se segue busca refletir sobre a reprodução de clichês e estereótipos na representação da figura do indígena brasileiro. O presente trabalho entende que isso impossibilita no romance estudado o resgate do equilíbrio entre a voz do indígena e a voz do colonizador, ao mesmo tempo em que provoca uma leitura equivocada da cultura ameríndia, a partir de um fazer literário no século XXI. Por fim, pretende-se identificar em que medida Rouge Brésil se insere numa literatura romanesca francesa que conserva a tendência em ler o ameríndio e, por conseguinte, as coisas do Brasil, através das lentes do estereótipo e do clichê.

 

Palavras-chave: Jean-Christophe Rufin, Rouge Brésil, representação literária, estereótipos, ameríndio brasileiro.

 

Abstract: 

Ce mémoire de maitrise a pour but de discuter de la représentation de la figure de l’amérindien dans le roman Rouge Brésil (2001) de Jean-Christophe Rufin. Il s'agit
d'une œuvre contemporaine qui travaille sur deux axes pour sa construction narrative. Le premier, c’est la reprise des récits de voyage écrits au XVI
e siècle qui décrivent la première expérience de colonisation française au Brésil, sous le nom de France Antarctique, en 1555. Le deuxième comporte une opération fictionnelle qui permet au
récit d'introduire des personnages qui n'étaient pas présents dans les récits consultés pour la composition de ce roman historique. L’analyse, qui se suit, cherche à réfléchir sur la reproduction des clichés et des stéréotypes dans la représentation de la figure de l’indien brésilien. Ce travail entend que cela empêche dans le roman étudié l'équilibre entre la voix de l’indien et la voix des colonisateurs, en même temps que cela produit une interprétation erronée de la culture amérindienne, à partir d'une façon de faire de la littérature dans le XXI
e siècle. En somme, on a l’intention d’identifier dans quelle mesure Rouge Brésil s’inscrit dans une littérature romanesque française qui maintient la tendance à lire l’amérindien et, par conséquent, les choses du Brésil, à travers le prisme
des stéréotypes et des clichés.

Mots-clés: Jean-Christophe Rufin, Rouge Brésil, représentation littéraire, stéréotypes

Data: 
sábado, 28 Setembro, 2013 - 12:15

UM ENXAME DE MONÓLOGOS: SUJEITO E SUBJETIVIDADE NA LÍRICA DE PAULO LEMINSKI

Nome do autor: 
Elton Linton Oliveira Magalhães
Nome do orientador: 
Prof. Dr. Sandro Santos Ornellas
Resumo: 

Este trabalho pretende analisar o projeto artístico do poeta curitibano Paulo Leminski através do olhar múltiplo presente em sua obra. Tendo sido romancista, tradutor, crítico, biógrafo, músico, letrista e principalmente poeta, Leminski não apenas flertou com segmentos literários do Brasil no século XX – a exemplo do Modernismo, do Concretismo e da Poesia Marginal – como também mostrou-se aberto à diversas outras possibilidades de criação artística, sempre em busca da experimentação via linguagem. Analisando seus poemas, principalmente os presentes em Caprichos e relaxos (1983), Distraídos Venceremos (1985) e La vie en close (1991), assim como suas cartas-poemas presentes em Envie meu dicionário (1999), este trabalho também buscou identificar de que forma se comportam os possíveis tipos de sujeito lírico ao longo dos textos, sujeitos estes ora fragmentados, ora deslocados e ora silenciados. Para tal observação, buscou-se fazer um curto trajeto pelos estudos da lírica moderna e contemporânea com o intuito de entendermos como se dá este processo de transformações. Por fim,conhecermos e entendermos um pouco de quem foi o sujeito Paulo Leminski também contribuiu para inferirmos que muito do que identificamos em sua obra também foi experienciado em vida, principalmente o capricho e o rigor assim como o relaxo e a subversão.

 

Palavras-chave: lírica, biografia, sujeito, subjetividade, múltiplo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Abstract: 

This paper discusses the artistic design project of the poet Paulo Leminski through the multiple look present in his work. Having been a novelist, translator, critic, biographer, musician, songwriter and poet, Leminski not only flirted with brazilian segments literary in the twentieth century - like Modernism, Concretism and Marginal Poetry - but also was open to several other possibilities of artistic creation, always in search of experimentation through language. Analyzing his poems, especially "Caprichos e Ralaxos" (1983), "Distraídos Venceremos" (1985) and "La vie en close" (1991), as well as his letters in "Envie meu dicionário" (1999), this study also attempted to identify how the possible types of lyrical subject over the texts behaves, such subjects sometimes fragmented, sometimes displaced and sometimes silenced. For this observation, we sought to make a short route by the studies of modern and contemporary lyrics in order to understand how this process of transformation occurs. Finally, knowing and understanding who was Paulo Leminski also contributed to infer that much of what we identified in his work was also experienced in life, especially the whimsy and rigor as well as relax and subversion.
 

Palavras-chave: lyric, biography, subject, subjectivity, multiple

Data: 
quinta-feira, 12 Setembro, 2013 - 17:30

O AUTO DA COMPADECIDA E SUAS LEGENDAS: UMA ABORDAGEM AUDIOVISUAL, CULTURAL E HUMORÍSTICA

Nome do autor: 
Shirlei Tiara De Souza Moreira
Nome do orientador: 
Profª. Drª. Sílvia Maria Guerra Anastácio
Resumo: 

A presente pesquisa buscou analisar as soluções tradutórias, encontradas na recriação dos enunciados humorísticos para as legendas do filme O Auto da Compadecida do português para o inglês. Analisou-se como o humor do referido filme foi recriado nas legendas, considerando-se os aspectos linguísticos e culturais, dentro da perspectiva da tradução audiovisual. Este trabalho fundamentou-se, especialmente, nos Estudos Descritivos da Tradução de Even-Zohar e Lefevere e na Teoria da Funcionalidade ou do Skopos de Vermeer e Reiss. Quanto aos estudos do humor, textos de Bergson e Raskin foram fundamentais para o desenvolvimento do
trabalho, sendo que este último autor desenvolveu a Teoria dos
Scripts, que foi muito útil para esta análise. Também foram pressupostos teóricos relevantes as técnicas e especificidades da Tradução Audiovisual, no âmbito da Legendagem, desenvolvidas por Jorge Diaz. Esses suportes teóricos ajudaram a compreender e
analisar as escolhas tradutórias do legendista, que também precisou adequar sua produção às especificidades e aos critérios próprios da legendagem. Esta dissertação possibilitou uma maior reflexão sobre a prática da tradução de humor para as legendas, dando abertura para outros trabalhos e despertando maior interesse dos estudiosos da área.

 

PALAVRAS CHAVE: Tradução Audiovisual. Legendagem. Humor. Filme O Auto da Compadecida

Abstract: 

This study aimed at analyzing the translation solutions found by the translator in the filmic humorous utterances recreation from Portuguese into English in Auto Compadecida subtitles. It has been discussed how such translation occurred, considering the linguistic and cultural aspects of the audiovisual approach. This work was especially based on Descriptive Translation Studies of Even-Zohar and Lefevere and on Skopos Theory developed by Vermeer and Reiss. Regarding to the humor studies, Bergson and Raskin´s texts were essential, the latter was the one responsible for the relevant humor theory: The Script Theory. Apart from that, Audiovisual Translation techniques and specificities in Subtitling postulated by Jorge Diaz were also very important for this research work. Such theoretical support also helped us to understand and analyze the subtitler´s translation choices who had to adapt his production to subtitling specificities and criteria. This dissertation has raised important reflections on humor translation practice in subtitling, thus opening new space for other types of research work and calling the scholars attention into this fiel.

 

Key Words: Audiovisual Translation. Subtitling. Humor. O Auto da Compadecida Film.

Data: 
quarta-feira, 28 Agosto, 2013 - 01:00

Uma seleção inglesa: Tradução e crítica de ensaios escritos na Inglaterra entre os séculos XVIII e XIX

Nome do autor: 
Paulo Raviere Barreto Dourado
Nome do orientador: 
Gustavo Ribeiro da Gama
Banca: 
Gustavo Ribeiro da Gama (UFBA) Fernanda Mota Pereira (UFBA) Luciano Rodrigues Lima (UFBA)
Resumo: 

A presente dissertação está dividida em dois blocos de conteúdo principais. No inicio do primeiro, partindo de observações sobre a obra de Michel de Montaigne, são analisadas algumas características gerais do ensaio, principalmente em relação ao conteúdo e à forma. Em seguida, é feito um contraponto entre Montaigne e a produção ensaística em língua inglesa dos séculos posteriores. Ainda neste bloco, também é divulgado um breve levantamento estatístico sobre a publicação de ensaios clássicos ingleses no Brasil e são explicados os critérios teóricos e práticos para a realização da seleção, tradução e textos críticos dos ensaios apresentados na segunda parte. Neste outro bloco de conteúdo, são apresentados ensaios dos seguintes escritores: Samuel Johnson, William Cowper, Oliver Goldsmith, Samuel Taylor Coleridge, Charles Lamb, Charles Colton, Leigh Hunt, William Hazlitt, Thomas Macaulay, Thomas de Quincey e Harriet Martineau.

Abstract: 

 
This thesis is divided into two main content blocks. On the beginning of the first one, with observations on Montaigne works, some general characteristics of the essay are analyzed, concerning form and content. Then Montaigne is contrasted to English essays written in further centuries. On the same block, it is also shown the results of a brief statistic research on the availability of English essays in Brazilian publications; and it is also explained the theoretical and practical criteria used on the selection, translation and reviewing of the essays presented on the second content block. In this part, are presented essays written by the following writers: Samuel Johnson, William Cowper, Oliver Goldsmith, Samuel Taylor Coleridge, Charles Lamb, Charles Colton, Leigh Hunt, William Hazlitt, Thomas Macaulay, Thomas de Quincey and Harriet Martineau.

Data: 
terça-feira, 9 Julho, 2013 - 14:00

Shakespeare no país do futebol: uma tradução de Romeu e Julieta

Nome do autor: 
Luana Brito Brasil
Nome do orientador: 
Profa. Dra. Elizabeth Ramos
Banca: 
Profª. Drª. Elizabeth Santos Ramos(UFBA), Profª. Drª.Marinyze Prates de Oliveira(UFBA), Profª. Drª. Denise Carrascosa França(UFBA)
Resumo: 

A partir da aplicação aos Estudos de Tradução de algumas noções apresentadas pelo filósofo Jacques Derrida, podemos dizer que a tradução resulta de um exercício de leitura e interpretação, permitindo que novas leituras sejam adicionadas a um texto fonte na condição de suplemento, revitalizando a anterioridade e mantendo-o vivo, pronto para ser fruído pelas gerações futuras. Tal aspecto mostra-se evidente em releituras de obras escritas por autores canônicos, como as do dramaturgo inglês William Shakespeare. Assim, de um lado temos a peça Romeu Julieta (circa 1594) que narra a tragédia de dois jovens amantes pertencentes a famílias inimigas, do outro, o filme O Casamento de Romeu e Julieta (2005), baseado no conto Palmeiras, um caso de amor do escritor Mario Prata e dirigido por Bruno Barreto, que traz à tela do cinema uma comédia sobre o romance entre a capitã do time de futebol feminino do Palmeiras e o médico oftamologista, líder da torcida do Corinthians. A partir dos hipotextos de Shakespeare e Prata, Bruno Barreto constrói seu hipertexto fílmico (tradução intersemiótica), evidenciando na tradução, seu status de recriação a partir de um texto e uma série de outros com os quais dialoga. A pesquisa objetiva analisar traços de ressignificação e atualização do drama shakespeariano identificados na narrativa cinematográfica de Barreto, tendo em vista o panorama das relações entre textos discutidas por Julia Kristeva e Gerárd Genette, de modo a contribuir de modo crítico para futuras reflexões sobre a análise de traduções.
 

Palavras-chave: Futebol, Romeu e Julieta, tradução intersemiótica, William
Shakespeare

Abstract: 

Through the application to Translation Studies of some notions presented by the philosopher Jacques Derrida we can say that translation results from an exercise of reading and interpretation, allowing new readings to be added to a source text as a supplement, revitalizing its anteriority and keeping it alive, ready to be appreciated by future generations. Such aspect appears to be evident in readings of canonical works written by authors like the English playwright William Shakespeare. Therefore, on one side we have the play Romeo Juliet (circa 1594), the tragedy of two young lovers from enemy families, on the other, there is the film O casamento de Romeu e Julieta (2005), based on the short story Palmeiras, um caso de amor, written by Mario Prata and directed by Bruno Barreto, who brings to the movie screen a comedy about the romance between the captain of the female football team Palmeiras, and the ophthalmologist, leader of Corinthians football firm. From the hypotexts of Shakespeare and Prata, Bruno Barreto builds up his filmic hypertext (intersemiotic translation), demonstrating on the translation its status of recreation from a text and a series of others with whom it dialogues. The research aims to analyze features of resignification and update of Shakespearean drama identified in the cinematographic narrative of Barreto, in
view of the panorama of relations between texts discussed by Julia Kristeva and Genette, in order to contribute to critical reflections on future translation
analysis.

 

Keywords: Football, Romeo and Juliet, intersemiotic translation, William
Shakespeare.

Data: 
quinta-feira, 27 Junho, 2013 - 17:00

Tempos de paz e de guerra: Dilemas da contemporaneidade no filme Nha Fala, de Flora Gomes

Nome do autor: 
Jusciele C. Almeida de Oliveira
Nome do orientador: 
Profa. Maria de Fátima Maia Ribeiro
Resumo: 

O filme Nha fala (2002), uma comédia musical, do cineasta Flora Gomes, narra parte da história de Vita, uma jovem bissau-guineense, que carrega uma maldição familiar, que proíbe que as mulheres de sua família cantem e caso seja descumprida elas morrerão. No entanto, ao viajar para estudar na França e apaixonar-se por Pierre, canta, conhece o sucesso e resolve voltar para a Guiné-Bissau, para realizar o seu próprio funeral. A presente dissertação, centrada na análise do filme Nha fala, em sua problemática nuclear de múltiplos trânsitos, de financiamentos e apoios a temas e questões levantadas, realiza uma reflexão sobre o cinema africano na contemporaneidade, com suas aporias, caminhos e (o)posicionalidades. Destacando questões de nomenclatura e gênero cinematográficos, construção do roteiro e personagens, ou ainda a relação com os conceitos pós-colonialismo, neocolonialismo, neoimperialismo ou terceiro mundismo, a pesquisa partiu da discussão do termo pós-colonial, com base em Kwame Anthony Appiah (1997), Homi Bhabha (1998), Walter Mignolo (2003), Robert Stam (2003; 2006), Inocência Mata (2000; 2008), Stuart Hall (2006), Ella Shohat (2006) para estabelecer a correlação com o discurso de Flora Gomes nesse filme, eminentemente assente nos signos de trânsitos, superação, atrevimento e convivência harmoniosa, em um mundo até certo ponto globalizado. Para tanto, contextualizaram-se os cinemas africanos e o cineasta Flora Gomes, por meio de breves historiografia e biografia, bem como as possibilidades de classificação e inserção de Nha fala no âmbito do cinema mundial, pelos vieses de produção, circulação e recepção. Enfocando o enredo, o plurilinguismo, a musicalidade africana e, em especial, as músicas que compõem o filme e narram a história de Vita, examinam-se relações de tradições e modernidades através das partidas múltiplas e dos rituais funerários bissauguineenses tchur e toka tchur, apresentados no filme, sob o prisma da temática dos trânsitos recorrentes na contemporaneidade, associados às transculturação e transculturação narrativa discutidas pelos teóricos Fernando Ortiz e Angel Rama, como pilares da leitura de relações culturais e sociais afirmativas, produtivas e de mão dupla entre a África e a Europa flagrada no filme em tela.
 

Palavras-chave: Cinema africano e bissau-guineense; Flora Gomes; Nha fala; Transnacionalidade e contemporaneidade; Relações África-Europa na póscolonialidade.

Abstract: 

Filme Nha fala (2002), un kumedia muzikal, di sineasta Flora Gomes, i ta kontanu un padas di storia di Vita. Vita, un badjuda guinensi ku karga tana di se familia, un tana ku tudji mindjeris di se djorson kanta. Si i kontra algun algin, mindjer femia, di kil djorson purfia e tana son i ta muri. Ma otcha Vita bin bin ten ku bai bias pa bai studa na França, Vita bai kontra ku Pierre, e bai misti n’utru. Ala i kanta, i nganha fama, i rizolvi riba Guiné-Bissau, pa bai fasi nteru di si kabesa el propi. E disertason sentradu na analis di filmi Nha fala, na si purbulematika prinsipal ku si manga di kaminhusinhus ku ta kumsa na finansiamentu, na apoiu i ta bai te na temas ku kistons ku lantandadu. E disertason na bai djubi na fundu, i na rabista dritu cinema afrikanu na no tempu, ku tudu si kansera, si kaminhus, nunde ki i firma ku nunde ku no ta pudi odja si tadju ku si rebes. Topoti kistons di nomenklatura, di generu cinematografiku, iarmason di roteru ku personagens, o inda ralason ku konseitus pos kolonialismu, neukolonialismu, neuimperialismu o di terseru mundu; e npulmanpulma kunsa a partir di diskuson sobri termu pos-kolonial, ku basi na Kwame Anthony Appiah (1997), Homi Bhabha (1998), Walter Mignolo (2003), Robert Stam (2003; 2006), Inocência Mata (2000; 2008), Stuart Hall (2006), Ella Shohat (2006) papudi ndjudja e tiorias tudu ku kombersas di Flora Gomes na e filmi, ku finka riba di signus di transitus, di superason, di atirvimenti ku mandjuandadi di silistia na un mundu mas o menus globalizadu. Pa es tudu, i djuntadu na un barkafon di ntindimenti cinemas afrikanus ku sineasta Flora Gomes, na historiografia ku biografia, asin suma djubi manera di klasifika pa kaba pa pui Nha fala na mandjuandadi di cinema di mundu, na kil ladu di pruduson, sirkulason ku risepson. Ku udju na storia, na plurilinguismu, na ton di kantigas africanus, ma kil kantigas ku filmi kumpudu kel ku ta konta storia di Vita, djubi ralason o ke ku djunta tradison ku mudernidadi atrabes di manga di biasis ku sirmonias guinensi di nteru, tchur ku toka tchur, ku mostradu na filmi, bas di un manera di djubi tematica di transitus, o kambansas, ku bin di no tempu, djuntadu ku transkulturason di konta storia ku diskutiduba dja pa teorikus Fernando Ortiz ku Angel Rama, suma firkidjas di leitura di ralasons kulturais, sosial afirmativas, produtivas ku kil di dus mon entri Afrika ku Eropa i panha filmi, tchap, na ekran.
 

Palavras-chave: Sinema afrikanu ku guinensi; Flora Gomes; Nha fala; Kambansa di tchon ku no tempu; Ralason Afrika-Eropa na pos-kolonialidadi

Data: 
quarta-feira, 26 Junho, 2013 - 06:30

LEGENDANDO RACCOON & CRAWFISH: PROPOSTA DE ESTUDO DO PROCESSO CRIATIVO DE UMA LEGENDAGEM FÍLMICA E DE EDIÇÃO GENÉTICA

Nome do autor: 
Sirlene Ribeiro Góes
Nome do orientador: 
Profa. Dra. Sílvia Maria Guerra Anastácio
Banca: 
Profa. Dra. Silvia Maria Guerra Anastácio (UFBA), Profa. Dra. Silvia Maria Guerra Anastácio (UFBA), Profa. Dra. Rosa Borges dos Santos (UFBA)
Resumo: 

Diante da carência metodológica que embase o estudo genético de manuscritos digitais, o presente trabalho propõe-se a analisar o processo de criação das legendas do filme Raccoon & Crawfish (2007) a fim de propor uma interpretação possível desse percurso criativo e uma edição genética vertical digital do dossiê relacionado à legendagem fílmica mencionada. Uma vez que tal processo deu origem a um dossiê constituído apenas por documentos digitais, buscou-se: refletir sobre os novos horizontes que documentos dessa materialidade abrem para os estudos do processo; apresentar possibilidades para o resgate dos rastros escriturais de obras criadas em computador; e experimentar, com as necessárias adaptações, princípios metodológicos de análise, descrição e transcrição para estudo de manuscritos autógrafos digitais. Para a análise do processo criativo da legendagem do filme Raccoon & Crawfish, contou-se com a articulação entre a referência teórico-metodológica da crítica genética e os estudos de tradução audiovisual (TAV), modalidade legendagem. Por fim, foi elaborada uma edição genética vertical digital, em prezi, que visa a divulgação, online e em DVD, do processo criativo em estudo. Tal edição é composta, principalmente, pelos documentos de processo gerados na legendagem; pela análise feita sobre o percurso genético; e pelas transcrição e descrição dos documentos digitais do referido processo em apreço.
 

 

Palavras-chave: Crítica Genética. Legendagem. Manuscrito digital. Edição.

Abstract: 

Considering the shortage of methodological materials to study genetic dossiers related to digital manuscripts, this work aims to analyze the creative process of subtitling the short film Raccoon & Crawfish (2007). The idea was to propose an analysis of the genesis of such material and then to construct a genetic vertical digital edition based on the subtitling process of the referred animation. Considering that all process documents are digital manuscripts, it was also relevant to: discuss the new trends of genetic criticism; show possibilities to rescue traces from digital manuscripts; and apply traditional genetic criticism principles of analysis, description and transcription, to digital autograph manuscripts studies. Genetic criticism and audiovisual translation (AVT), especially subtitling, were the theoretical framework used to study the genesis of such creative process. Finally, we organized a genetic vertical digital edition, in prezi, which aims to disseminate, online and on DVD, the creative process under consideration. This edition presents all documents generated during the subtitling process, together with the analysis of such genetic course, as well as the transcription and description of the referred digital documents.

 

Keywords: Genetic criticism. Subtitling. Digital manuscript. Edition

Data: 
quarta-feira, 19 Junho, 2013 - 04:00

Seis mãos e um roteiro: O estudo do processo de criação do roteiro da microssérie a Pedra do Reino

Nome do autor: 
Paulo Henrique Trocoli Da Silva
Nome do orientador: 
Prof.ª Dr.ª Silvia Anastásio
Banca: 
Profa. Dra. Silvia Maria Guerra Anastácio (UFBA), Profa. Dra. Cleise Furtado Mendes (UFBA), Profa. Dra. Silvia La Regina (UFBA)
Resumo: 

Este trabalho teve como objetivo levantar hipóteses sobre o processo de criação do roteiro da microssérie A Pedra do Reino, programa levado ao ar pela Rede Globo em 2007, tendo como ponto de partida a obra literária de Ariano Suassuna: O Romance d´A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vi-e-Volta. A partir dos documentos de trabalho dos roteiristas Luis Alberto de Abreu, Bráulio Tavares e Luiz Fernando Carvalho, fundamentamos a análise nas cenas de implantação da história. Para atingir nossos objetivos, optou-se pelo diálogo dos procedimentos teórico-metodológicos da crítica genética com textos sobre criação de roteiros. Visando aproximar o presente estudo do objeto analisado, a parte central da dissertação foi escrita em formato de roteiro, a fim de articular a forma e o conteúdo da pesquisa realizada. O grupo alvo desta dissertação são estudiosos de crítica genética, de tradução audiovisual e criação de roteiros.

 

Palavras-chave: Microssérie. A Pedra do reino. Roteiro. Crítica genética. Audiovisual

Abstract: 

The purpose of the present study is to raise hypotheses about the process of creation of the micro series script of A Pedra do Reino, program aired by Rede Globo in 2007 and that payed homage to Ariano Suassuna´s O Romance d´A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vie-Volta. By investigating Luis Alberto de Abreu´s, Bráulio Tavares´s e Luiz Fernando Carvalho´s working documents of the referred micro series script, we based our analysis on scenes related to the implantation of the story. To fulfill our aim, we used the methodological and theoretical procedures of genetic criticism, together with texts on audiovisual translation. This dissertation was written in screenplay format, so as to approach the form and content of the research. The target group of this dissertation are people interested in genetic criticism, in audiovisual translation and also script creation.

 

Keywords: A Pedra do Reino micro series. Script. Genetic criticism. Audiovisual.

Data: 
quinta-feira, 13 Junho, 2013 - 15:00

Representações do estrangeiro na adaptação fílmica Le survenant: processos de alteridade numa perspectiva intersemiótica

Nome do autor: 
Eloá Catarine Pinto Teixeira
Nome do orientador: 
Sérgio Barbosa de Cerqueda
Banca: 
Rachel Esteves Lima Lícia Soares de Souza Denise Carrascosa Franca
Resumo: 

Este trabalho tem como objetivo apresentar uma nova abordagem da imagem do estrangeiro, entendendo-o como uma representação do Outro. Propomo-nos a analisar a figura do estrangeiro sob a perspectiva da tradução intersemiótica e cultural, tendo como objeto a representação desse sujeito no filme quebequense Le Survenant (2005), inspirado no romance, cuja primeira edição data de 1945, escrito por Germaine Guèvremont. Nesse sentido, os estudos desconstrutivistas nos fornecem reflexões importantes para a compreensão do discurso do Outro. Partilhamos aqui nosso pensamento de que a estrangeiridade pode ser traduzida através da leitura do Outro, sempre levando em conta que este Outro é apenas uma representação enraizada no imaginário coletivo. Essa é uma leitura de que o Outro ameaça as verdades estabelecidas numa comunidade, em que o estrangeiro é esse Outro que provoca conflitos entre pensamentos que se chocam. A partir da interpretação de que os discursos se organizam em função de uma identidade predeterminada, observa-se que as identidades se constroem por meio da alteridade. Assim, sendo o discurso uma linguagem, ele sofre todas as implicações que as identidades dos sujeitos desses discursos representam. Neste âmbito, uma reflexão sobre o papel da alteridade na tradução torna-se necessária.

Abstract: 

 
Ce travail a le but de présenter une nouvelle approche de l’image de l’étranger en tant qu’une représentation de l’Autre. Nous nous proposons d’analyser la figure de l’étranger sous la perspective de la traduction intersémiotique et culturelle, ayant comme objet la représentation de ce sujet dans le film québécois Le Survenant (2005) inspiré du roman, dont la premièreparution date de 1945, écrit par Germaine Guèvremont. Dans ce sens-là, les études déconstrutivistes nous fournissent des réfléxions importantes pour la compréhension du discours de l’Autre. Nous partageons ici notre pensée que l’étrangeté peut être traduite à travers la lecture de l’Autre, tout en tenant compte que cet Autre-ci n’est qu’une représentation enracinée dans l’imaginaire colective. C’est une lecture qui considère l’Autre menace les verités établises dans une communauté, où l’étranger est cet Autre qui engendre les conflits entre des pensées qui se heurtent. À partir de l’interprétation que les discours s’organisent en fonction d’une identité prédéterminée, on observe que les identités se construisent par le biais de l’altérité. Ainsi, étant le discours un langage, il subira toutes les contraintes que les identités des sujets de ces discours représentent. Dans ce domaine, une réfléxion sur le rôle de l’altérité dans la traduction devient nécessaire.

Data: 
terça-feira, 11 Junho, 2013 - 14:00

EDUCAÇÃO AFETIVA E TRAJETÓRIA DE FORMAÇÃO EM CONTOS DE MILTON HATOUM

Nome do autor: 
Evelin Balbino Do Nascimento
Nome do orientador: 
Mirella Márcia Longo Vieira Lima
Resumo: 

O presente trabalho tem como objetivo analisar alguns contos que integram o livro A cidade Ilhada, de Milton Hatoum (2009), com o intuito de perceber, no tratamento dedicado a Lavo, narrador-personagem dos contos em questão, uma trajetória de formação problemática. Lavo, narrador-personagem do romance Cinzas do Norte (2005), retorna às linhas de Milton Hatoum em seu livro de contos, tendo agora trechos de sua intimidade expostos. O trabalho se volta para Os anos de formação de Wilhelm Meister, de Goethe, para comentar aspectos deste molde narrativo inscritos nas linhas de Milton Hatoum. As primeiras experiências emocionais de Lavo legaram-lhe um modelo problemático de relações afetivas. Voltando para a cidade da infância, o narradorpersonagem busca reconstruir os eventos que talvez expliquem desacertos posteriores. Além disso, parte do texto volta suas lentes para a função dos professores no processo de formação dos indivíduos. Partindo da análise de A educação dos sentidos, de Peter Gay, o trabalho procura tecer uma leitura acerca de alguns aspectos da maturação emocional de Lavo e dos ritos iniciatórios que marcaram sua vida sexual.

 

Palavras-chaves: processo de formação; relações afetivas; professores

Abstract: 

This paper aims to analyze some stories that make up the book A cidade Ilhada, by Milton Hatoum (2009), in order to understand, in the treatment dedicated to Lavo, character-narrator of the tales in question, a course of a problematic maturation. Lavo, character-narrator of the novel Cinzas do Norte (2005), returns to Milton Hatoums
lines in his book of short stories, now seeing portions of his intimacy exposed. The work turns to
Os anos de formação de Wilhelm Meister, Goethe, to discuss aspects of his narrative mold inscribed in the lines of Milton Hatoum. Lavos first emotional experiences bequeathed to him a problematic model of relationships. Returning to his hometown, the narrator-character seeks to reconstruct the events that may explain later mistakes. In addition, some of the text turn their lenses to the role played by teachers in the educational process of individuals. Based on the analysis of A educação dos sentidos, by Peter Gay, the work intends to weave a reading about some aspects of Lavos emotional maturing and the initiatory rites of his sex life.

Keywords: maturation; relationships; teachers.

Data: 
segunda-feira, 10 Junho, 2013 - 18:00

Páginas